terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

POLÍCIA CIVIL TREINA SERVIDORES PÚBLICOS PARA ATUAR COMO IDENTIFICADORES CIVIS E CRIMINAIS NO INTERIOR DO PARÁ

A Polícia Civil deu início, nesta segunda-feira, 6, a um treinamento para capacitar servidores públicos de 13 municípios paraenses para atuar como identificador civil e criminal no interior do Estado. No total, são 27 funcionários do quadro administrativo de Prefeituras cedidos à Polícia Civil, por meio de convênio, para expedir carteiras de identidade e emitir fichamentos criminais tanto nos municípios onde a corporação policial não dispuser de serviço de identificação quanto naqueles onde existir o serviço. "Independentemente disso, o serviço é sempre chefiado por um papiloscopista", explica o diretor de identificação da Polícia Civil, Ricardo Paula. 


 
O treinamento é ministrado pelo papiloscopista policial civil Roberto Valentim Novaes, da Diretoria de Identificação "Enéas Martins" (Didem). Ele explica que serão, ao todo, 21 dias de treinamento com aulas teóricas e práticas. Com o treinamento, os novos identificadores estarão preparos a coletar material para expedição de carteiras de identidade, como coleta de impressões digitais, preenchimento de prontuário com os dados civis e realização de pesquisa de informações criminais. 



Após o final do treinamento, os novos identificadores irão receber todo material usado na confecção dos documentos. Quando estiverem nos municípios onde moram e trabalham, eles ficarão responsáveis em fazer a coleta dos dados cadastrais dos cidadães e depois trazer esses dados coletados para Belém, onde irão fazer a emissão das carteiras de identidade que serão entregues na sede do município, com um prazo médio de 30 dias para entrega dos documentos.

Nenhum comentário: