domingo, 25 de setembro de 2016

POLÍCIA CIVIL CELEBRA SEU 18º CÍRIO COM PROCISSÃO EM HOMENAGEM À NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

Uma procissão de fé e devoção à Nossa Senhora de Nazaré tomou diversas ruas do bairro de Nazaré, na manhã deste domingo, 25, quando foi celebrado o Círio da Polícia Civil do Pará. Pelo décimo oitavo ano consecutivo, a corporação marca a tradição que render mais uma homenagem à padroeira do povo paraense no último domingo de setembro. Um grande público acompanhou o cortejo desde a Delegacia-Geral (DG), sede da Polícia Civil, na Avenida Governador Magalhães Barata, até a Basílica-Santuário de Nazaré, no centro de Belém. Uma missa foi celebrada antes da procissão por Dom Irineu Roman, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém, e pelo padre Raimundo Silvio Jaques, da Basílica-Santuário, na área de estacionamento da DG.

CÍRIO DA POLÍCIA CIVIL
O evento contou com a presença do delegado-geral, Rilmar Firmino, que recepcionou o secretário de Estado de Segurança Pública, Jeannot Jansen, e o secretário de Meio-Ambiente e Sustentabilidade do Pará,  delegado Luiz Fernandes, ex-delegado-geral. O atual presidente do Sindicato dos Delegados do Pará, João Moraes, também ex-delegado e um dos criadores do Círio da Polícia também se fez presente na procissão, como em todos os anos. A homilia da missa foi marcada pelas referências ao Dia Mundial da Bíblia, data celebrada neste domingo. 

Dom Irineu destacou a importância das sagradas escrituras como ferramenta para fortalecimento da fé e rogou para que instituições, como a Polícia Civil, possam também utilizar a palavra de Deus contida na Bíblica para este fim. "Cada profissão tem seu desafio e a Polícia Civil também tem seu desafio de incentivar a leitura da Bíblia e de orientar as pessoas para que busquem a fé por meio da divulgação da palavra de Deus que ajuda a converter as pessoas. O Sistema de Segurança Pública pode usar a Bíblia como meio de superação de todo mal que exista na sociedade", salientou. 

DEVOÇÃO E FÉ EM NOSSA SENHORA
O delegado-geral ressaltou o empenho da equipe de servidores da Polícia Civil responsável pela programação do Círio da corporação policial. "Durante mais de um mês, foram realizadas peregrinações nas Delegacias, Seccionais e Unidades Policiais na região metropolitana de Belém, como parte da programação do Círio da Polícia Civil. Hoje celebramos o 18º ano consecutivo do nossa romaria justamente no mesmo dia em que é comemorado o Dia da Bíblia", festeja. Ainda, durante a missa, todos os pedidos anotados em pedaços de papel feitos pelos servidores da Polícia Civil durante a peregrinação nas Unidades Policiais foram abençoados e depois incinerados como forma de simbolizar a elevação dos pedidos aos céus. 

Padre Raimundo Silvio foi um dos celebrantes
MISSA MARCOU CELEBRAÇÃO
Ao final da missa, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi conduzida inicialmente pelo delegado-geral, Rilmar Firmino, que depois a repassou ao secretário Jeannot Jansen, até por fim chegar à berlinda instalada no alto de um veículo da Policia Civil. A caminhada seguiu pela Avenida Governador Magalhães Barata e depois dobrou na Travessa Nove de Janeiro, tomando rumo pelas Avenidas Governador José Malcher e Generalíssimo Deodoro até chegar à Avenida Nazaré, em direção à Basílica-Santuário. A procissão deu uma parada em frente ao Hospital Amazônia, onde o padre Silvio Jaques rogou preces para cura dos pacientes e de todas as pessoas que trabalham no local. Durante o percurso, moradores se manifestaram emocionados com preces e mãos estendidas com pedidos de bênçãos. Alguns chegaram a adornar a frente de suas casas com balões e imagens da padroeira. O trânsito foi controlado por agentes da Superintendência de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Belém (Semob). 

A funcionária administrativa Mara Viana, que veio à procissão acompanhada do filho, Paulo, de sete anos, conta que a devoção à Virgem de Nazaré sempre foi muito forte em sua vida e de sua família. Emocionada, ela considera que o nascimento de seu filho, por causa da gestação de risco, foi um milagre realizado graças à intercessão de Nossa Senhora de Nazaré. Desde então, ela procura repassar aos filhos a devoção à padroeira dos paraenses. "Eles vivem isso todos os dias em nossa família", festeja. Este ano, o Círio da Polícia Civil tem como lema "Rogai Por Nós, Ó Mãe da Eucaristia", inspirado no tema oficial do Círio de Nazaré, que é "Salve Rainha, Mãe de Misericórdia". O Círio da Polícia Civil já faz parte do calendário oficial de romarias da Arquidiocese de Belém. 

O evento em devoção à Nossa Senhora de Nazaré teve início em 1999, quando o então delegado-geral João Moraes criou uma celebração religiosa para proporcionar aos servidores seus familiares e amigos, uma oportunidade para louvar a Deus, homenageando a Mãe de Jesus, Nossa Senhora de Nazaré, a padroeira dos paraenses, pois no Círio oficial, os servidores da Polícia Civil estavam trabalhando na Segurança Pública. De lá pra cá, a cada ano, o Círio da Polícia Civil reúne maior número de pessoas, não só servidores da corporação como também da comunidade em geral.