quinta-feira, 7 de julho de 2016

POLÍCIA CIVIL APREENDE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI DURANTE OPERAÇÃO "VOO DE ÁGUIA 2"

PRÉDIO SEDE DA DATA
A Polícia Civil apreendeu, nesta quinta-feira, 7, seis adolescentes em conflito com a lei, em decorrência de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, em Belém e região metropolitana. 

Denominada "Voo de Águia 2", a operação policial foi coordenada pela Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA) com objetivo de cumprir ordens judiciais decretados contra infratores envolvidos em crimes contra a vida e roubo qualificado com sentença. 

Segundo a delegada Adriana Magno, diretora da DATA, no total, 35 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, desde as 6 horas da manhã, por policiais civis da Divisão e de Seccionais Urbanas da Grande Belém vinculadas à Diretoria de Polícia Metropolitana da Polícia Civil. 

A ação policial foi realizada em oito bairros, como Benguí, Tapanã, Pratinha, Guamá e Terra-Firme. Do total de mandados, 27 adolescentes não foram encontrados; um faleceu; outro teve o mandado de busca e apreensão convertido em medida cautelar e, por isso, não foi apreendido e os demais seis foram apreendidos.

POLÍCIA CIVIL E DIRETORIA DE PROCISSÕES DA FESTA DO CÍRIO DE NAZARÉ RENOVAM PARCERIA PARA ESTE ANO

A Polícia Civil e a Diretoria de Procissões do Círio de Nazaré renovaram a parceria para a programação da Quadra Nazarena deste ano. Em encontro realizado, nesta quinta-feira, 7, a delegada-geral adjunta da Polícia Civil, Christiane Ferreira, recebeu, em seu gabinete, na Delegacia-Geral, os diretores Franco Marcial, Mário Tuma, Antonio Sousa e Ronaldo Pinheiro. Na ocasião, eles agradeceram ao apoio de sempre prestado pela Polícia Civil nas ações de de segurança pública das procissões em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré e presentearam a gestora da Polícia Civil com o cartaz oficial do Círio 2016 e o livro-álbum Retratos do Círio. 

Diretoria de Procissões do Círio com a delegada-geral adjunta
DIRETORIA DE PROCISSÕES COM DELEGADA-GERAL ADJUNTA
Ao mesmo tempo, a parceria entre a corporação policial e a Diretoria do Círio de Nazaré para a programação deste ano foi renovada. Anualmente, a Polícia Civil conta com apoio de policiais civis em atuação direta na segurança das romarias que fazem parte da programação do Círio de Nazaré, e também com atuação durante os 15 dias da Quadra Nazarena, de plantão em uma Delegacia instalada dentro do Parque de Diversões, instalado na área da Praça Santuário de Nazaré. 

A Polícia Civil atua desde a Romaria Rodoviária, realizada na sexta-feira que antecede à grande procissão do Círio, até as demais romarias ao longo do sábado véspera da maior romaria religiosa do Brasil, como o Círio Fluvial, a Motoromaria e a Trasladação. A Polícia Civil também atua no apoio da segurança pública durante o encerramento da festividade, quando é realizado um show pirotécnico, na Basílica de Nossa Senhora de Nazaré.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR CAPTURAM ENVOLVIDO EM ROUBOS DE MOTOS EM MOJU

As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, nesta quinta-feira, 7, em Moju, nordeste paraense, em decorrência de investigações sobre o roubo de uma moto, Jefferson Cardoso Santos, de apelidos "Índio" ou "Jeco". A prisão foi realizada logo após o acusado ser reconhecido pela vítima do crime na Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) de Moju. No momento da prisão, os policiais recuperaram o veículo roubado. Ele é considerado o responsável pela maior parte dos roubos de motos registrados no município.  

PRESO E MOTO RECUPERADA
Conforme o delegado João Bosco Fagioli, titular da Polícia Civil em Moju, o preso já possui duas prisões preventivas decretadas pela Justiça pelos crimes de roubo e associação criminosa. Ele é suspeito da autoria de um homicídio registrado há alguns dias. O delegado informou que a vítima, em depoimento, relatou que trafegava em sua moto, por volta de 21 horas desta quarta-feira, 6, quando foi abordada por dois homens em uma moto. Um deles, com arma na mão, ordenou que saísse da moto. A vítima imediatamente parou o veículo e saiu da moto. O assaltante armado sentou na moto e a levou. Enquanto registrava o boletim de ocorrência, a vítima olhou o álbum de fotos de presos existente na UIPP e reconheceu, entre as imagens, o acusado, como sendo o assaltante que o abordou com arma em punho. 

Assim, a equipe de policiais civis e militares foi até uma casa, situada na rua Mato Grosso com Rua Santa Catarina, onde o acusado estava escondido junto com dois comparsas. Na chegada, um dos suspeitos - identificado depois como Flávio Gomes do Nascimento, de apelido "Bicola" - saiu da casa em fuga e atirando em direção aos policiais. Na troca de tiros, Jefferson foi baleado na perna e foi socorrido até o Hospital Municipal para receber atendimento médico. Dentro da casa, os policiais encontraram a moto que havia sido roubada. O veículo foi entregue ao proprietário. "Bicola" e o outro comparsa, identificado apenas como Wellington", fugiram. Já na UIPP, a vítima do roubo da moto reconheceu o acusado, desta vez, pessoalmente e sem qualquer dúvida. 

POLÍCIA CIVIL DISCIPLINA HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DE BARRACAS DE VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS EM OUTEIRO

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Polícia Administrativa (DPA), expediu, nesta quinta-feira, 7, a portaria de número 003/2016, para estabelecer horário de funcionamento de barracas de vendas de bebidas alcoólicas e alimentos, localizadas nas praias do distrito de Outeiro, em Belém, durante as férias de julho deste ano. Até o próximo dia 31, de terça à sexta-feira, as barracas terão horário de funcionamento até as 20 horas. De sábado até a segunda-feira, o horário será até as 21 horas. A medida visa a necessidade de disciplinar o horário de funcionamento das barracas de Outeiro. 


De acordo com o delegado Eloi Fernandes, diretor da DPA, a portaria é resultado de uma reunião realizada entre as Polícias Civil e Militar, Ministério Público Estadual e os proprietários das barracas de Outeiro. No encontro, realizado na semana passada, explica o policial civil, foi discutido sobre os problemas decorrentes do consumo de bebidas alcoólicas até altas horas da noite nas barracas do balneário. Diante disso, ressalta o delegado, ficou estabelecido na reunião que seria publicada uma portaria para disciplinar o horário de funcionamento das barracas no distrito, durante o mês de julho. Atualmente, mais de 50 barracas de venda de bebidas e alimentos estão em funcionamento em Outeiro. A maioria delas já está cadastrada junto à DPA que continua fiscalizando para cadastrar as barracas que ainda não tem licença para funcionamento sob pena de fechamento. 

O balneário de Outeiro tem uma peculiaridade que o diferencia dos demais regiões do Estado mais procuradas pelos banhistas durante julho. É uma única localidade onde o costume é ter maior fluxo de pessoas a partir de sábado até as segundas-feiras, dia em que são realizadas festas nas principais praias do distrito. Além disso, salienta o diretor, a DPA vai atuar para coibir que bares, lanchonetes e restaurantes funcionem com banda ao vivo ou aparelhagem sonora, sem que haja espaço adequado para reduzir a propagação de som e evitar a perturbação do sossego público, conforme previsto na lei 2.423/82, sobre as atividades de Polícia Administrativa.

OPERAÇÃO VERÃO Ao mesmo tempo, durante as férias de julho, a DPA vai atuar, ao longo do mês, para fiscalizar o funcionamento regular com alvará expedido pela Divisão para estabelecimentos de diversões públicas, nos balneários mais frequentados no Estado. A ação faz parte do planejamento da Operação 2016, do Sistema Integrado de Segurança Público do Estado. O trabalho, salienta o delegado, será realizado em todos os balneários do Pará e intensificado nos municípios de Salinópolis, Bragança, e distrito de Marudá em Marapanim; e praias de Mosqueiro e Outeiro em Belém.