quarta-feira, 6 de julho de 2016

POLÍCIA CIVIL DESARTICULA DEPÓSITO DE ARMAS ILEGAIS USADAS EM ROUBOS DE CARGAS EM MOJU

A Polícia Civil desarticulou, nesta quarta-feira, 6, um depósito de armas ilegais que seriam utilizadas em assaltos a caminhões de transporte de cargas, em Moju, nordeste paraense. No local, foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e dois revólveres, um de calibre 32 e outro de calibre 38. Todas as armas estavam municiadas com projeteis que também foram apreendidos. A equipe policial prendeu em flagrante, no imóvel, Claudio Teixeira de Melo, que foi autuado pelo crime de porte ilegal de armas de fogo. 


De acordo com o delegado João Bosco Fagioli, titular da Delegacia de Moju, uma denúncia anônima levou os policiais civis até a residência, situada no km 40, da rodovia PA 150. Assim, a equipe policial foi até o local, onde durante uma revista, encontrou o armamento e as munições. Também foram encontrados no local telefones celulares, documentos e dinheiro. O investigador Silvio Johny e o escrivão Allison Eriko, juntamente com o delegado, conduziram o preso até a Delegacia para a lavratura do flagrante delito. 

OUTRO FLAGRANTE No dia de ontem, 5, a equipe policial prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Ronaldo Maciel Braga, acusado de violentar sexualmente a própria filha de 13 anos de idade. Em decorrência do crime, a vítima teria engravidado do pai. Ele foi preso durante operação policial, da equipe policial de Moju. 

CLAUDIO E RONALDO FORAM PRESOS
Segundo o delegado João Bosco, um inquérito policial foi instaurado na Delegacia do município, após o caso ser comunicado por meio de registro de Boletim de Ocorrência. O delegado requisitou todas as perícias e exames necessários a apurar os fatos e, com o resultado das investigações, representou na Justiça pela custódia preventiva do acusado, que agora, está preso à disposição da Justiça para responder por estupro de vulnerável.

POLÍCIA CIVIL DIVULGA RELAÇÃO DE POLICIAIS CIVIS CLASSIFICADOS À PROMOÇÃO FUNCIONAL

A Polícia Civil divulgou, na edição desta quarta-feira, 6, do Diário Oficial do Estado, a relação de mais de 100 policiais civis classificados à Promoção Funcional relativa ao período de abril de 2015. A lista com os nomes assinada pelo governador do Pará, Simão Jatene, conta com policiais civis das categorias de delegado, escrivão, investigador, auxiliar técnico e motorista policial, com base nos critérios de antiguidade e merecimento previstos no decreto nº. 2.115, de 23 de abril de 1997. 

Entre os anos de 2011 e 2016, ao todo, 1.904 policiais civis foram promovidos pelo Estado. Em 2014, houve o maior registro de promoções funcionais da história da Polícia Civil. Foram 1.169 promoções funcionais em apenas um ano concedidas a policiais civis. No ano passado, foram promovidos 132 policiais civis no Estado. Ainda esta semana, o delegado-geral Rilmar Firmino vai nomear a Comissão de Progressão Funcional responsável pelo acompanhamento das promoções funcionais. 

A seguir, a relação completa dos policiais civis contemplados com a Promoção Funcional:

CATEGORIA FUNCIONAL: DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL CLASSE “A” PARA CLASSE “B”

POR ANTIGUIDADE
MARCELO OLIVIA SANTOS
ANGELA DALILA CUNHA PRADO
MARIA ONEIDE DO NASCIMENTO
JOSÉ RONALDO MACHADO DE ALMEIDA
ROSE MARY GOUVÊA LOPES.

POR MERECIMENTO
CARLOS MAGALHÃES GOMES
PAULO HENRIQUE RIBEIRO SOARES JUNIOR
SILVIO DE SOUZA GARCIA
RENATO LOPES TARALLO
VICTOR MANFRINI CORREA BRAGA
MARIA CRISTINA VALLE ESTEVES
PAULA NYANDRA E SOUZA DE OLIVEIRA
DELCIO COSTA SANTOS
HERBERT RENAN SILVA DE SOUZA

CATEGORIA FUNCIONAL: DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL CLASSE “B” PARA CLASSE “C”

POR ANTIGUIDADE
ROBERTO CARLOS MACEDO LIMA
MARCELIM SOARES DO NASCIMENTO JUNIOR
ANDREA GURSEN DE MIRANDA GIRARD
IDERNERIO JOÃO PEREIRA PAMPLONA

POR MERECIMENTO
MÁRCIA CRISTINA MELLO DANTAS RIBEIRO
DAURIEDSON BENTES DA SILVA
VANILDO COSTA DE OLIVEIRA
MARIA DO PERPETUO SOCORRO REBELO DE ANDRADE PICANÇO
GILBERTO DA CONCEIÇÃO AZEVEDO AGUIAR
PERY NUNES NETTO
HENNISON JOSE JACOB AZEVEDO
CHRISTIANE FERREIRA DA SILVA

CATEGORIA FUNCIONAL: DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL CLASSE “C” PARA CLASSE “D”

POR ANTIGUIDADE
FRANCISCO ELY DE SOUZA OLIVEIRA
NILMA NAZARE DE ALMEIDA ALVES VALLINOTO

POR MERECIMENTO
MARIA UBIRACY DA COSTA KALIF
CONCEIÇÃO MARIA DANTAS ELOY PAMPLONA
MARIA DO SOCORRO LOUZEIRO DOS SANTOS SILVA
LEILA CHRISTIAN LIMA DE MENDONÇA FREIRE
JAMES MOREIRA DE SOUSA

RELAÇÃO DOS POLICIAIS CIVIS CLASSIFICADOS À PROMOÇÃO FUNCIONAL NÍVEL SUPERIOR - ABRIL DE 2015

CATEGORIA FUNCIONAL: INVESTIGADOR DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “A” PARA CLASSE “B”

POR MERECIMENTO
CARLOS BENEDITO DE PAULA SODRE
ROSELY NATALINA VINAS DA COSTA

CATEGORIA FUNCIONAL: INVESTIGADOR DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “B” PARA CLASSE “C”

POR MERECIMENTO
JOSÉ KEDSON FELIX ELIAS

RELAÇÃO DOS POLICIAIS CIVIS CLASSIFICADOS À PROMOÇÃO FUNCIONAL REMANESCENTES - ABRIL DE 2015

CATEGORIA FUNCIONAL: ESCRIVÃO DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “A” PARA CLASSE “B”

POR MERECIMENTO
MAX COSTA BELO

POR ANTIGUIDADE
SAMUEL NAGIB RIBEIRO DOS SANTOS - Falecido

CATEGORIA FUNCIONAL: ESCRIVÃO DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “B” PARA CLASSE “C”

POR MERECIMENTO
AMARO ROBERTO CAJUEIRO
AURICELIA COSTA DE AGUIAR SILVA
DELMIRA VASCONCELOS CARDOSO
JOEL CARVALHO MESQUITA
MARCIA NUNES PINTO
RAIMUNDO NONATO BATISTA
REGINA CELY MARQUES MONTEIRO
ROBSON DO SOCORRO MACHADO DE SOUZA
SILVIO FONSECA BATISTA

POR ANTIGUIDADE
EDIVYLLY EDUARDO DA CRUZ LIMA - Falecido

CATEGORIA FUNCIONAL: ESCRIVÃO DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “C” PARA CLASSE “D”

POR MERECIMENTO:
ALTEMIR NUNES PACHECO
SANDRA REGINA BARATA MARQUES

CATEGORIA FUNCIONAL: INVESTIGADOR DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “A” PARA CLASSE “B”

POR MERECIMENTO
DANIEL ALHO DE NOVOA
DOCACIANO PINHEIRO GOES JUNIOR
ELIO SOLANDRO DA SILVA CASTRO
JOSÉ RICARDO MIRANDA ARAUJO
JOSÉ ROBERTO BARROS DE SOUSA
MARCILEI SANTOS DA LUZ
MARIA MARILEIA MONTEIRO DA SILVA
REGINALDO DA SILVA ABRAÇADO

POR ANTIGUIDADE
EDSON GONÇALVES VIANA - Falecido
LEANDRO OLIVEIRA DANTAS - Falecido
MAURO ROGERIO MARINHO ARAUJO - Falecido

CATEGORIA FUNCIONAL: INVESTIGADOR DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “B” PARA CLASSE “C”

POR MERECIMENTO
ALAN AMORIM MIRANDA
ALANIR CARLOS SANTOS DE OLIVEIRA
ALITA CELMA BARROSO CORREA
ANA ADELAIDE SÁ FIGUEIREDO
ANDREZA DA SILVA NUNES
CARLOS ALBERTO DA SILVA MATOS
CLADEL DE LIMA FERREIRA
EMERSON DE MELO BORGES
EMILIO DE QUADROS PEINADO JUNIOR
EZEQUIEL DE JESUS PEREIRA DO REGO
JOÃO ALBERTO MACHADO LIMA
JOÃO PROTA ALVES DA SILVA
JOSÉ DA COSTA MOTA DE ALENCAR
MARCELO COSTA PONTES
MARCIA CRISTINA MEDEIROS TAVARES BARBALHO
MARILCE DE OLIVEIRA SANTOS
MAX TENTE LINS
PAULO MARCIO DA SILVA ARAGÃO
RENILDO LOPES GALUCIO
SILVANA CARNEIRO FORO
WELLINGTON DE SOUZA CARDOSO

CATEGORIA FUNCIONAL: INVESTIGADOR DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “C” PARA CLASSE

POR MERECIMENTO
ADARITO DA SILVA RODRIGUES
CARLOS EDUARDO DA TRINDADE PRESTES
DEODORO ROBERTO LOPES DE CASTRO MARTINS
EDIVALDO ALVES DO CARMO
EVERALDO SOUZA DA SILVA
JOSÉ MARIA OLIVEIRA SANTIAGO
KLEBER CLEUSON MORAIS GONÇALVES
REGINALDO VIANA FIGUEIREDO FILHO
RONALD RUY SOUZA DA SILVA
SERGIO RICARDO DA SILVA COSTA
VANDENBERG GONZAGA DO NASCIMENTO SOUZA

POR ANTIGUIDADE
DORIVALDO DE JESUS PALHA - Falecido
MARIA DO PERPETUO SOCORRO DE OLIVEIRA AQUINO - Falecida

CATEGORIA FUNCIONAL: MOTORISTA POLICIAL - CLASSE “B” PARA CLASSE “C”

POR MERECIMENTO
JOSE NAZARENO DOS SANTOS MATOS
LUIZ ZEBELINO DE MORAES BORGES
MARCIO ANTONIO LOPES DA SILVA
PEDRO MAURICIO RODRIGUES CORDEIRO

POR ANTIGUIDADE
RAIMUNDO HUDSON DUTRA DA SILVA
TULIO JOSE CORDOVIL DA CUNHA

CATEGORIA FUNCIONAL: AUXILIAR TÉCNICO DE POLÍCIA CIVIL - CLASSE “C” PARA CLASSE “D”

POR MERECIMENTO
JOSE DULCDELINO OLEASTRO SOTELO

POLÍCIA CIVIL PRENDE MULHER ACUSADA DE ENVOLVIMENTO EM ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA DE ASSALTANTES DE BANCO EM BELÉM

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira, 6, em cumprimento a mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, Edna Leal Souza, 29 anos, acusada de integrar a associação criminosa que tentou assaltar uma agência do Banco do Estado do Pará, em Moju, nordeste paraense, em 4 de março deste ano. Ela foi presa em Belém, durante operação policial, realizada por policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antissequestros (DRRBA), unidade policial vinculada à DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado). Na época da tentativa de assalto ao banco, houve troca de tiros entre os assaltantes e as forças policiais. Seis integrantes do grupo criminoso morreram no confronto.

PRESA 
Edna Souza foi abordada pelos policiais civis enquanto caminhava, nesta manhã, pela Avenida Nazaré, entre as Travessas Rui Barbosa e Quintino Bocaiúva, bairro de Nazaré, área nobre da capital paraense. Ela é apontada como a responsável em arregimentar pessoas no município de Moju para fazer parte do bando visando dar apoio à quadrilha como "olheiros", para observar e informar aos criminosos sobre a chegada do carro-forte com dinheiro para abastecer o Banpará. Edna também era a pessoa que seria responsável em levar alimentação ao local onde o grupo estava escondido antes da ação criminosa. A ação policial foi coordenada pelo delegado Tiago Belieny, da DRRBA.

Natural de Moju, Edna Souza é irmã de três homens envolvidos na tentativa de assalto ao Banpará. Um deles é Edson Nunes de Souza, de apelido "Ioiô", que está preso no CRPP3 (Centro de Recuperação Regional do Pará 3), no Complexo Penitenciário de Americano, em Santa Isabel do Pará. O outro irmão da acusada é Erenildo Nunes Leal, de apelido "Lico", apontado como o mentor do plano do assalto e líder do grupo criminoso. Ele foi um dos assaltantes que morreu, nas matas da cidade de Moju, durante o confronto com os policiais. O terceiro irmão é Elton Nunes de Souza, de apelido "Joel", que também participou efetivamente da tentativa de assalto e que está foragido. De acordo com a DRRBA, Edna estava sendo investigada desde a época do crime e, desde então, era procurada. Nesta manhã de quarta-feira, os policiais civis passaram a seguir os passos da acusada para tentar saber se ela iria se encontrar com outros comparsas que ainda estão foragidos, o que não ocorreu. Atualmente, Edna estava trabalhando na casa de um empresário chinês, em Belém, e, segundo as investigações, ela planejava um grande roubo na casa dele. Ela seguirá para o Centro de Recuperação Feminino (CRF) para ficar recolhida à disposição da Justiça. As investigações prosseguem para localizar e prender outros envolvidos com a associação criminosa.

ARMAS, COLETES E DINHEIRO APREENDIDOS
"CRUZ DE MALTA" No mês passado, as Polícias Civil e Militar prenderam 13 pessoas, em cumprimento de mandados de prisão preventiva, acusadas de envolvimento em associação criminosa responsável por, pelo menos, 12 ataques a agências bancárias, por meio de assaltos e arrombamentos de caixas eletrônicos, no Pará. Denominada de "Cruz de Malta", a operação foi deflagrada em Belém; Ananindeua e Marituba, na região metropolitana, e em Concórdia do Pará, Castanhal, Santa Izabel do Pará e Moju, nordeste do Estado. Sob coordenação da Diretoria de Polícia Especializada (DPE) e operacionalizada pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), a ação policial foi resultado de seis meses de investigações. Dentre os presos, estão três policiais militares da ativa acusados de envolvimento nas ações criminosas. Entre os assaltos está a tentativa de roubo, na modalidade conhecida como "novo cangaço", ao Banpará de Moju, em março deste ano. Na ocasião, seis assaltantes morreram ao trocar tiros com as forças policiais. Oito armas de fogo usadas pelos bandidos foram apreendidas. Um casal foi preso por envolvimento com a associação criminosa. Um malote com parte do dinheiro roubado foi recuperado. Toucas do tipo balaclava e dois coletes balísticos de empresas de vigilância privada foram apreendidos.