terça-feira, 28 de junho de 2016

POLÍCIA CIVIL LAMENTA FALECIMENTO DO EX-DELEGADO-GERAL E EX-CORREGEDOR BRIVALDO SOARES

A Polícia Civil se solidariza aos amigos e familiares do ex-delegado-geral e ex-corregedor de Polícia, delegado Brivaldo Pinto Soares Filho, que faleceu, nesta terça-feira, 28, aos 68 anos de idade. Sexto Delegado-Geral da história da Polícia Civil, Brivaldo Soares foi titular da corporação policial em dois períodos. O primeiro de 24 de março de 1987 a 07 de maio de 1987, e o segundo de 13 de fevereiro de 1995 a 04 de abril de 1997. 

Nascido em 12 de outubro de 1947, o paraense Brivaldo Soares assumiu o cargo de corregedor-geral da Polícia Civil, em 2001, tendo sido o 12º titular da história da Corregedoria-Geral da Polícia Civil.  


Ele permaneceu no cargo de 16 de janeiro de 2001 a 28 de março de 2003. Com mais de 30 anos de serviços prestados ao Estado, ele permaneceu na ativa até 2011, quando se aposentou. O delegado Brivaldo Soares foi um dos nomes mais importantes da história da Polícia Civil no Pará, tendo contribuído, sobremaneira, para elevação do conceito da corporação perante a sociedade e para a intensificação das ações de repressão e combate à violência no Estado. 

Como corregedor-geral da Polícia Civil, Brivaldo Soares foi atuante na atuação com rigor voltada à qualidade dos procedimentos policiais e na prevenção e combate aos desvios de conduta. Investiu no setor dando destaque para a presença feminina de forma crescente nos quadros da unidade policial. 

A Polícia Civil roga a Deus que conceda o conforto à família enlutada, a serenidade a todos os amigos e ex-colegas de trabalho por tão dolorosa perda.

VELÓRIO O velório do ex-delegado-geral, Brivaldo Pinto Soares Filho, é realizado na Sociedade União Good Pax, localizada na Travessa Lomas Valentinas, no Marco, em Belém. O sepultamento será nesta quarta-feira. 

POLÍCIA CIVIL LAMENTA FALECIMENTO DO DELEGADO PAULO GUILHERME TRINDADE

A Polícia Civil lamenta comunicar o falecimento do delegado Paulo Guilherme Barreto da Trindade, que tinha 64 anos e estava atualmente lotado na Seccional de Icoaraci, em Belém. O delegado faleceu na manhã desta segunda-feira, 27, no Hospital Porto Dias, após se afastar do serviço por motivo de problemas de saúde. Paulo Guilherme ingressou na Polícia Civil em 3 de março de 2005 após mediante concurso público.


Enquanto esteve internado e depois em sua residência, o delegado recebeu apoio da Diretoria de Atendimento ao Servidor (DAS) com visitas do Serviço Social.

A Polícia Civil externaliza votos de condolências à família, amigos e colegas de trabalho enlutados e roga a Deus que fortaleça a todos, nesse momento difícil.

SEPULTAMENTO O corpo está sendo levado na capela da Igreja Anglicana, na Avenida Serzedelo Corrêa em frente ao Cemitério da Soledade, em Batista Campos. O enterro está marcado para as 11 horas no cemitério Santa Isabel, no Guamá.