segunda-feira, 27 de junho de 2016

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR JÁ CONTAM COM UNIDADE INTEGRADA DE POLÍCIA EM CAPANEMA

Mesmo diante da crise econômica nacional, em que os Estados sofrem os efeitos da redução dos repasses da União, o Pará continua investindo em setores essenciais, como segurança e infraestrutura. Neste domingo (26), o governador Simão Jatene entregou à população do município de Capanema, no nordeste paraense, duas obras: a 50ª Unidade Integrada de Polícia (UIP) do Estado e a Avenida Centenário, que foi totalmente revitalizada. As inaugurações tiveram a presença de deputados, vereadores, secretários de Estado e comunidade local. "Ninguém desconhece que o país está vivendo uma profunda crise, pois os jornais noticiam diariamente. Em um momento como esse ter a possibilidade de entregar para a sociedade duas grandes obras é um sonho histórico para esse município. Isso já é um fato absolutamente relevante de que devemos nos orgulhar", afirmou Simão Jatene. 








A agenda teve início com a inauguração da Avenida Centenário, que recebeu pavimentação mista de asfalto e concreto e sinalização. A obra contempla mais de cinco quilômetros de via, passando pelas rodovias BR-316 e PA-242. A iniciativa representa um investimento de R$ 1.860 milhão, fruto da parceria entre governo do Estado, Poder Legislativo, por meio da emenda parlamentar do deputado estadual Júnior Hage, e de empresas da região. O nome foi uma homenagem ao centenário da Assembleia de Deus no Pará e no Brasil. Entre os que aprovam a nova via está Expedita da Silva Oliveira, 49 anos, comerciante cearense que há 15 anos adotou o Pará como nova casa. "Lá no Ceará a vida era muito ruim, e o Pará sempre foi visto como uma terra produtiva. Aqui é um município muito bom, mas quando cheguei tinha muita lama e o povo sofria muito. Agora com essa pavimentação melhorou a qualidade de vida da população e do comércio. Melhorou tudo", disse. 


UNIDADE INTEGRADA – Ainda durante o dia, Simão Jatene inaugurou o novo ponto de segurança de Capanema. O espaço, o maior da região nordeste paraense, se soma a outros 49 já entregues pelo governo, entre Unidades Integradas de Polícia (UIP) e Unidades Integradas Pro Paz (UIPP), entre os anos de 2011 e 2016. No período, o Estado investiu quase R$ 50 milhões na reforma e construções de UIPs e UIPPs. "Este é mais do que um novo prédio, é um novo conceito, uma demonstração clara do respeito do Estado para com a segurança pública. Faço um pedido, tanto aos que aqui vão trabalhar como àqueles que vão usar este espaço para qualquer serviço: que tratem isso com carinho e cuidado. Isso é fundamental para que a gente possa mantê-lo como hoje é e possamos construir semelhantes em outros municípios", ressaltou o governador. 

ALOJAMENTOS
O prédio de dois andares, localizado na Avenida João Paulo II, no Centro, recebeu investimento de R$ 3,5 milhões na construção, R$ 381 mil em mobiliário e R$ 31 mil em material de informática. A estrutura é composta ainda por uma área de 1,2 mil metros quadrados, com salas de mediação de conflitos, inteligência, reconhecimento, cartório, custódia, arquivo, banheiros, refeitórios, auditório, alojamento para os agentes de segurança das polícias civil e militar, entre outros setores. A UIP também concentra os serviços das polícias Civil e Militar, Delegacia da Mulher (Deam), Núcleo Integrado de Operações (Niop), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e Posto de Identificação Civil. 

AUDITÓRIO
Na oportunidade, foi feita a entrega simbólica de dez registros gerais para moradores da região. "Esse centro de identificação vai atender a toda a região. Com ele o tempo de entrega das identidades será menor, pois ao invés do identificado ir para Belém, ele pode fazer a emissão por aqui. Com isso pretendemos diminuir pela metade o tempo de impressão das identidades, agilizando o serviço e servindo melhor a população", afirmou o delegado Augusto Damasceno, superintendente da 6ª Região Integrada de Segurança Pública. Para o delegado geral de Polícia Civil, Rilmar Firmino, um dos objetivos é melhorar a qualidade do atendimento e a resposta das ações da polícia. Ele frisou ainda a economia que o Estado terá para manutenção. "Estamos congregando seis unidades que estavam dispersas em outras instalações. Hoje otimizamos os meios, e isso vai facilitar muito mais não só para o servidor policial, como para a população", completou. 


O complexo abrange os 19 municípios que integram a 6ª Região Integrada de Segurança. "Com a união de forças vamos otimizar recursos financeiros e humanos, além de ficarmos mais perto da comunidade. Agora temos em um único endereço a delegacia da mulher, grupo tático, superintendência, plantão da delegacia, o plantão da polícia militar. Teremos ainda o Niop, com as câmeras, que será muito mais fácil de ser controlado. Com isso poderemos dar uma resposta mais rápida para a população", avaliou o delegado Augusto Damasceno. Os serviços do Niop já estão em atividade. 


O setor é responsável pelo sistema de monitoramento de câmeras de segurança instaladas em pontos estratégicos, para verificar durante 24 horas as ruas da cidade, visando acompanhar ações criminosas, prevenir a violência e identificar infrações no trânsito. O prefeito de Capanema, Eslon Martins, agradeceu pelo apoio do governo do Estado. "Esta é uma parceria em que todos ganham, mas que tem um significado mais que especial para a população. É nela que temos a razão do nosso trabalho e é a ela que damos esse retorno", complementou. O governador pontuou a importância da parceria entre Estado e municípios para a construção de um Pará melhor. "Parceiro é aquele que procura construir e fazer juntos. O prefeito e o governador são apenas instrumentos. O que queremos é ser boas ferramentas na mão da população, que é quem paga os impostos e é quem faz as obras", finalizou.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR CAPTURAM FORAGIDO DE JUSTIÇA EM SOURE

As Polícias Civil e Militar recapturaram, neste fim de semana, em Soure, na ilha do Marajó, Sandy Correa Vasconcelos, fugitivo da Colônia Penal Agrícola "Heleno Fragoso", presídio para presos que cumprem pena no semi-aberto, situado em Santa Isabel do Pará, nordeste do Estado. Ele foi localizado na casa de sua mãe no município. Conforme o delegado Luciano Cunha, titular da Superintendência da Região do Marajó Oriental, uma informação recebida pela PM levou os policiais até o endereço, onde estava escondido o foragido. 

Preso foi apresentado na Superintendência Regional de Soure
SUPERINTENDÊNCIA DO MARAJÓ ORIENTAL EM SOURE
Ainda, conforme o delegado, o preso já era conhecido em Soure, onde é acusado de praticar furtos em residências e pontos comerciais durante o período noturno, quando aproveita que as pessoas estão dormindo e os estabelecimentos estão fechados para arrombar os imóveis e saquear objetos de valor. 

O policial civil detalha que o sargento Alcântara, da PM de Soure, recebeu uma denúncia de que um foragido de Justiça estaria escondido em uma casa, em Soure. A informação foi repassada ao delegado que, de imediato, organizou em conjunto com o sargento duas equipes para ir até o local. Ao ser abordado, o foragido estava deitado no quarto situado no segundo andar da casa de sua mãe, em Soure. Ele foi levado até a unidade policial, onde está custodiado à disposição da Justiça.