quarta-feira, 22 de junho de 2016

DESARTICULADA ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA PARA O TRÁFICO DE DROGAS EM ANANINDEUA

A Polícia Civil desarticulou uma associação criminosa envolvida em crimes relacionados ao tráfico de drogas, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. John Williams Lima dos Santos, 24; Wallace Rocha Gonçalves, 23, e Rocivaldo Morais de Oliveira, 24, foram presos em flagrante por policiais civis da Seccional Urbana do Paar, no bairro do Distrito Industrial. Com eles, três pedras de tamanho grande de óxi de cocaína e dois revólveres com munição foram apreendidos. Os presos foram autuados por tráfico, associação para o tráfico de drogas e associação criminosa armada. As prisões em flagrante foram homologadas pela Justiça que decretou, nesta quarta-feira, 22, as prisões preventivas dos acusados durante audiência de custódia no Fórum de Ananindeua. 


ARMAS E DROGAS APREENDIDAS
Segundo o delegado Jefferson Gualberto Neves, diretor da Seccional, a prisão do trio foi resultado de investigações realizadas pela equipe policial desde a noite da última segunda-feira, 20. O levantamento realizado mostrou o envolvimento dos presos no tráfico de drogas na área do conjunto Paar, onde residem, porém, destaca o delegado, os acusados estavam evadidos do Paar e escondidos atualmente em uma casa alugada no Distrito Industrial de Ananindeua. O imóvel, detalha o policial civil, era usado como esconderijo após a prática de crimes. "Eles se homiziavam no local para dar um tempo e depois voltaram a agir", explica. Há suspeitas do envolvimento deles em outros crimes, como roubos em Ananindeua. 

DETALHE DA ARMA COM MUNIÇÃO APREENDIDA
Durante as investigações, a equipe de investigadores identificou a casa em que os acusados estavam escondidos e fez a abordagem no local, durante a tarde de terça-feira, dia 21, quando os três foram presos em flagrantes com as drogas e armas de fogo. Em depoimento, os presos confessaram a prática do tráfico de drogas. Segundo eles, cada uma das pedras de óxi apreendidas seria diluída e transformada em duas para serem comercializadas na área. O delegado ressalta que as vítimas de outros crimes praticados pelos acusados e que os reconhecerem devem se dirigir à Seccional do Paar, em Ananindeua, no horário comercial, ou entrar em contato com o fone 181, o Disque-Denúncia, para denunciá-los.

PERÍCIA FEITA EM PORCO DE PORCELANA AJUDA POLÍCIA CIVIL A IDENTIFICAR SUSPEITO DE ASSALTO A RESIDÊNCIA EM BELÉM

A Polícia Civil, através do laboratório de Perícia Papiloscópica da Diretoria de Identificação Enéas Martins (DIDEM), divulgou o resultado de uma perícia papiloscópica (coleta de impressões digitais) realizado no último dia 9 de abril, sobre um assalto ocorrido em uma residência, localizada na Avenida Conselheiro Furtado, no Guamá, em Belém. Foi possível identificar um dos envolvidos na impressão digital encontrada em um cofre em formato de porquinho de porcelana localizado no quarto da imóvel. Após os processos de revelação, foram evidenciados três fragmentos de impressões digitais referentes aos dedos indicador direito, indicador esquerdo e anelar direito do suspeito do crime identificado como Everaldo Furtado Guedes, de 35 anos.

COFRE EM FORMATO DE PORCO
O trabalho pericial foi realizado pelos papiloscopistas policiais do Serviço de Perícia Papiloscópica da Diretoria de Identificação da Polícia Civil, José Reinaldo Ferreira Junior; Anderson Dilarin Souza e Rosilene de Oliveira Pereira. O laudo pericial realizado atendeu à solicitação da delegada Maria Gorete Farias Tourão Freitas, da 11ª Seccional Urbana do Guamá. Segundo as informações apuradas no inquérito policial, quatro assaltantes invadiram a casa, na madrugada do último dia 6 de abril, acordando os moradores com ameaças em busca de objetos valiosos. Após vasculha os quartos, os bandidos fugiram com bens da família dentro de um carro Pálio cinza. 

Durante a perícia, moradores da casa indicaram objetos que foram possivelmente manipulados pelos assaltantes e que ainda não haviam sido tocados pelos moradores. Durante as buscas de fragmentos de impressões papilares (digitais) deixados nos objetos manipulados pelos assaltantes, os peritos utilizaram substâncias reveladoras de impressões latentes, para tornar visíveis os fragmentos. Ao todo, três fragmentos de impressões papilares foram coletados no imóvel com condições técnicas de serem comparados com as impressões digitais armazenadas no banco de dados do Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais (AFIS). 

COMPARAÇÃO DAS DIGITAIS
Segundo a papiloscopista Rosilene Pereira, as impressões foram encontradas em um cofre de porcelana em formato de porco, que estava no quarto de uma das vítimas. A análise revelou que os fragmentos coletados coincidem com as impressões digitais dos dedos indicador direito, indicador esquerdo e anelar direito do suspeito. Ainda, de acordo com a policial civil, para efeito de comprovação, foram analisados em computador os fragmentos de impressões digitais e o datilograma do dedo indicador direito do prontuário de identificação civil do suspeito. "Foi assinalada a correspondência de 12 minúcias individualizadoras de identidade, idênticos e coincidentes entre si, quanto à forma, estrutura e localização no campo digital, quantidade de minúcias suficientes para uma afirmativa de identidade", detalha. 

PRESOS CINCO ACUSADOS DE TRÁFICO DE ENTORPECENTES NA MARAMBAIA EM BELÉM

As Polícias Civil e Militar prenderam em decorrência de operações policiais, nos últimos cinco dias, no bairro da Marambaia, em Belém, cinco pessoas envolvidas nos crimes de tráfico de drogas e roubos com uso de arma de fogo.   

DROGAS APREENDIDAS COM CARLOS AUGUSTO
CARLOS AUGUSTO
Dos presos, quatro são homens. Dois deles são irmãos presos por envolvimento em assaltos.

Conforme o delegado Pery Netto, diretor da Seccional Urbana da Marambaia, nesta terça-feira (21), foi preso em flagrante, por tráfico de drogas, Carlos Augusto Monteiro Silva, 35 anos, de apelido "Guto", com 100 "petecas" de pasta de cocaína e nove embrulhos com pedras de óxi pesando cada uma 50 gramas, totalizando mais de meio quilo de drogas apreendidas. 

Na segunda-feira, 20, foi preso Márcio Sarmento, 39 anos, no conjunto residencial Jardim Sevilha, na rodovia Augusto Montenegro, em Belém. 

Com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, ele responde processo criminal por tráfico de drogas. 

Foi presa também, por tráfico de drogas, durante operação de uma guarnição da Ronda Tática Metropolitana (Rotam) da Polícia Militar, Alice dos Santos Moura, 27 anos, que foi flagrada com 246 petecas de cocaína, no conjunto residencial Jardim América. 

No final de semana, foram presos os irmãos Danilo Silva Soares, 24 anos, e Daniel Silva Soares, 20 anos, por policiais civis da Seccional Urbana da Marambaia. 

Os dois foram capturados logo após praticarem o roubo de um carro com uso de arma de fogo. 

Armados com uma pistola tipo bereta calibre 6.35 com seis munições, os dois abordaram a vítima e levaram o carro, porém na perseguição policial, a dupla foi presa e conduzida à Seccional, onde a vítima do roubo os reconheceu.

OPERAÇÃO DESARTICULA PONTO DE TRÁFICO DE DROGAS EM IGARAPÉ-AÇU

As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, durante operação integrada, em Igarapé-Açu, nordeste paraense, quatro homens e uma mulher, e apreenderam um adolescente, acusados de envolvimento em pontos de tráfico de drogas na região. Denominada de "Tráfico na Roça", a operação policial resultou ainda nas apreensões de diversas porções de drogas, como pedras de óxi e maconha prensada, uma arma de fogo caseira e munição. Os resultados da operação deflagrada no sábado de manhã foram divulgados nesta terça-feira, 21. Ao todo, 18 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça foram cumpridos no município vinculado à 3ª Região Integrada de Segurança Pública. 

ARMA E DROGA APREENDIDAS
Segundo o delegado Luiz Xavier, titular em exercício da Diretoria de Polícia do Interior da Polícia Civil, a operação resultou de investigações coordenadas pelo delegado Marcos Cruz que solicitou à Justiça os mandados judiciais após levantamentos feitos de forma conjunta com a PM para desmontar pontos de tráfico de drogas no município. No total, 60 policiais civis e militares participaram da operação que levou a três flagrantes de tráfico de drogas, um de porte ilegal de arma de fogo e munição e um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por tráfico de drogas contra um adolescente. 

PRESOS
Durante a operação, detalha o delegado, foi preso o casal Francisco Ferreira Lopes Junior, de apelido "Quinho", e Marcilene Carvalho Soares. Na casa dos acusados, os policiais apreenderam uma porção grande de maconha prensada e plásticos usados para embalar a droga. Em outra residência, foi preso Edinaldo Nunes Alves, de apelido "Naldo". Durante as buscas no local, os policiais encontraram por trás de um fogão, uma embalagem plástica com 11 "petecas" pequenas de pedra de óxi e uma pedra grande da mesma droga. 

Com o filho de Edinaldo, de 12 anos de idade, os policiais apreenderam uma bolsa porta-moedas com quatro "pedras de óxi" pequenas. Ainda, durante a operação, os policiais foram a outra casa, onde Edinei Souza Silva foi preso em flagrante com uma arma de fogo de fabricação caseira e duas munições de calibre .28. Em outro alvo da operação, os policiais prenderam Moacir Teixeira Miranda com quem uma grande embalagem de maconha foi apreendida. Os presos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e permanecem recolhidos à disposição da Justiça.

PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR GAROTO DE 13 ANOS ALICIADO PELAS REDES SOCIAIS EM BELÉM

A Polícia Civil deu cumprimento, nesta terça-feira, 21, ao mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça contra Marcus Vinicius Rebelo de Souza, por crime de estupro de vulnerável, em Belém. A vítima é um menino de 13 anos que foi aliciado pelo acusado por meio de uma rede social na internet. 


A prisão foi cumprida por policiais civis da Seccional Urbana do Guamá, sob coordenação do delegado Daniel Castro. Segundo o policial civil, as investigações se iniciaram no último dia 13, logo após a denúncia do estupro chegar ao conhecimento da unidade policial, com o registro do boletim de ocorrência. O adolescente passou por perícias que constataram o crime. Durante as investigações, o autor do crime foi identificado. 

Conforme o delegado, no curso da investigação, foi solicitado à Justiça mandado de busca e apreensão na casa do acusado, visando apreender objetos importantes para a investigação, como notebook (computador portátil), telefone celular e pendrive. A partir das provas, foi solicitada a prisão do acusado pelo delegado Bruno Brasil ao Poder Judiciário. 

Ele foi preso e conduzido à Seccional, para ser ouvido em depoimento. Marcus confessou ter abusado sexualmente do rapaz por duas vezes. Ele relatou que conheceu o adolescente pela internet e o atraiu para manter relações sexuais.

O acusado admitiu saber que a vítima era menor de idade. Diante das provas, Marcus foi indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável e aliciamento de adolescente. Ele vai permanecer preso à disposição da Justiça.