quarta-feira, 23 de março de 2016

POLÍCIA CIVIL LEVA PROJETO "OLÉ NO ESTRESSE" PARA POLICIAIS CIVIS DO ICUÍ-GUAJARÁ EM ANANINDEUA

A Polícia Civil levou nesta terça-feira, 22, diversos serviços de saúde aos servidores públicos policiais e administrativos que trabalham no prédio da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), do bairro do Icuí-Guajará, onde também está sediada provisoriamente a Seccional de Polícia da Cidade Nova, no município de Ananindeua, na região metropolitana de Belém. Os atendimentos foram prestados pela equipe de profissionais da Diretoria de Atendimento ao Servidor (DAS), como parte do projeto "Olé No Estresse" que visa levar mais saúde aos policiais civis no local de trabalho. 


Os atendimentos contam com médicos, massagens, verificação de pressão arterial, medição de glicemia e cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). Além de Ananindeua, o projeto já esteve nas unidades policiais de Marituba e Santa Bárbara do Pará, e no distrito de Mosqueiro, em Belém. 

A delegada Leomar Maués, titular da Diretoria de Atendimento ao Servidor (DAS) da Polícia Civil, explica que, além dos demais serviços prestados, foram realizados exames nos servidores para prevenção do chamado risco coronariano, caracterizado pelo entupimento parcial das artérias e que podem causar arritmias e até o infarto. Entre os servidores atendidos está o diretor da Seccional de Ananindeua, delegado Adelino Sousa, que aprovou o projeto, que só tem por objetivo melhorar a qualidade do serviço público prestado nas unidades policiais.

POLÍCIA CIVIL DESMANTELA PONTOS DE RINHA PARA BRIGAS DE GALOS EM BREVES

A Polícia Civil desmantelou, nesta quarta-feira, 23, após denúncias, um esquema para rinhas de galo no município de Breves, na ilha do Marajó. O crime previsto na Lei de Crimes Ambientais foi flagrado em duas casas usadas para criação das aves e que também era palco de competições de briga com apostas em dinheiro. Nas rinhas, os galos são atiçados a brigar até a morte de uma delas. Os policiais civis da Superintendência da Região das Ilhas encontraram nos locais toda infraestrutura para que os galináceos se digladiassem, como esporas de ferro e a rinha. 



A operação policial foi coordenada pelo delegado Rodrigo Amorim, plantonista da Superintendência. Segundo ele, no momento da abordagem policial às duas residências não estava ocorrendo competição. Ao todo, 14 animais foram apreendidos. Todos apresentavam visíveis sinais de maus tratos, como lesões decorrentes dos ferimentos e mutilações. Ainda, durante a abordagem nas casas, os policiais apreenderam diversos apetrechos usados na rinha de galos. 

As aves foram retiradas dos locais e estão na Secretaria Municipal de Meio-Ambiente (SEMA), da Prefeitura de Breves, à disposição da Justiça. Erasmo Roberto Ferreira Alves e Domingas do Socorro Magno Negro, responsáveis pelas casas, foram detidos e autuados em TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por maus tratos, crime previsto no artigo 32, da Lei de Crimes Ambientais. Após o procedimento, eles foram liberados e irão responder ao processo na Justiça. A operação policial contou com os investigadores Paulo Sérgio e Alexandre Ribeiro.

POLÍCIA CIVIL MINISTRA PALESTRA SOBRE ESTATUTO DA CRIANÇA E ADOLESCENTE EM FACULDADE DE BELÉM

A Polícia Civil marcou presença, nesta terça-feira, 22, durante palestra sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para cerca de 200 alunos do curso de Direito da Faculdade Maurício de Nassau, em Belém. O encontro foi realizado no auditório do campus da Travessa Quintino Bocaiúva, bairro de Nazaré. 

PALESTRA EM FACULDADE
A palestra foi ministrada pelo delegado da Polícia Civil, Marcos Fabiano Amazonas. Atualmente diretor da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), do bairro do Tapanã, o policial civil já foi diretor da Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA). O palestra foi realizada a convite da faculdade, visando a preparação de seus alunos, para a carreira do Direito.