quarta-feira, 19 de outubro de 2016

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA INCÊNDIO EM ACAMPAMENTOS NA GLEBA BACAJÁ EM ANAPU

A Polícia Civil investiga as circunstâncias do ataque a dois acampamentos às margens dos lotes 44 e 46, da Gleba Bacajá, em Anapu, sudoeste paraense, ocorrido na madrugada desta quarta-feira, 19, quando diversos barracos de acampados foram incendiados. A equipe policial da Delegacia de Anapu, sob coordenação do delegado Elcio de Deus, já investiga o crime e não descarta qualquer hipótese de motivação do crime. 


Uma equipe da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá será deslocada para a região nesta quinta-feira, 20, para atuar nas investigações. Informações preliminares repassadas por acampados à Delegacia de Anapu dão conta que os fatos se passaram por volta de meia-noite. 

Segundo Márcio Rodrigues dos Reis, um dos líderes do movimento que visa a reforma agrária na região, a maioria dos barracos, situados às margens dos lotes 44 (fazenda Santa Maria) e 46 (fazenda Santa Luzia), foi alvo de incêndio por homens vestidos de roupas pretas e encapuzados. 

Ainda, segundo ele, os moradores perderam mais de 70% dos pertences. Uma pessoa ficou ferida com queimaduras em uma das mãos sem gravidade. Atualmente, cerca de 80 famílias vivem nos dois acampamentos.

Nenhum comentário: