quarta-feira, 19 de outubro de 2016

OPERAÇÃO RESULTA NA PRISÃO DE ENVOLVIDOS EM COMÉRCIO ILEGAL DE MADEIRA EM NOVO REPARTIMENTO

As Polícias Civil e Militar de Novo Repartimento, sudeste do Pará, em parceria com a Secretaria de Estado de Meio-Ambiente e Sustentabilidade (Semas), deflagraram, na última segunda feira, dia 17, a operação "Timber" com o objetivo de reprimir o comércio ilegal de produtos florestais. Segundo o delegado Artur Nobre, titular da Delegacia do município, durante a operação três pessoas foram presas e 40 metros cúbicos de madeira, tipo "Angelim", foram apreendidos. Os acusados são Ademário Francisco dos Santos; Edson Assis Almeida e Silvano Furtado Moraes. 



Além da madeira, a operação resultou na apreensão de uma carreta que era utilizada no transporte da madeira. As investigações apontaram que a Guia Florestal usada para tentar legalizar o trasporte da madeira apresentava dados de outro empreendimento e era usada para ocultar a origem ilegal dos produtos florestais. 

A operação foi comandada pelo delegado Artur Nobre e contou com o apoio dos policiais civis Sidney, Rogério e Valdir; e dos policiais militares Washington, Robson e Rômulo. O delegado explica que a madeira e a carreta apreendidas foram encaminhadas para a sede da Semas, em Belém. Já os presos, detalha o policial civil, irão responder pelos crimes de lavagem de bens, falsificação de documento público, transporte ilegal de produto florestal e associação criminosa. Eles estão recolhidos à disposição da justiça.

Nenhum comentário: