quinta-feira, 27 de outubro de 2016

GOVERNO DO ESTADO ENTREGA PRÊMIO SERVIDOR NOTA 10 DURANTE SOLENIDADE EM BELÉM

Dia 28 de outubro é o dia do servidor público, mas a grande comemoração dos funcionários do Estado ocorreu na manhã desta quinta-feira (27), com a entrega do 9º Prêmio Servidor Nota 10, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. Participaram do evento gestores de diversos órgãos estaduais, entre eles o diretor geral da Escola de Governança Pública do Pará (EGPA), Ruy Martini, a secretária de Administração, Alice Viana, e o vice-governador Zequinha Marinho. A premiação, organizada pela EGPA, é a homenagem do Estado ao funcionalismo público. Assiduidade, disciplina, iniciativa, produtividade e responsabilidade foram os critérios em que se destacaram os 60 escolhidos como Servidores Nota 10 deste ano, que receberam um cheque no valor de R$ 500. 

Delegado-geral com a investigadora Dulcelina Nunes
DELEGADO-GERAL COM INVESTIGADORA DULCELINA NUNES
Adair Sarjes de Melo, 61 anos, servidora da Junta Comercial do Pará (Jucepa), ganhou o prêmio de Servidor Nota 10 do Estado deste ano e recebeu o cheque de R$ 5 mil. Após 38 anos de serviços prestados à Junta Comercial do Pará (Jucepa), como técnica de registro de comércio, para Adair de Melo, o momento foi de comemoração. “Este é um momento de reconhecimento muito grandioso. Eu já havia sido reconhecida perante o órgão pelos 35 anos de serviço, e agora aos 38 recebo esta premiação. Por isso deixo a mensagem de quer ser servidor público é sempre tratar bem, de maneira a estar à disposição para atender o cidadão”. 

Entre os servidores públicos escolhidos como Servidores Nota 10 de seus órgãos está a investigadora da Polícia Civil, Dulcelina Brasil Nunes, que trabalha na Superintendência do Marajó Ocidental, em Breves. Aos 57 anos de idade e 25 anos de carreira policial, a policial civil foi escolhida, entre os 27 servidores públicos indicados por colegas de trabalho na instituição policial. Nomeada ao cargo policial em 10 de setembro de 1991, após aprovação em concurso público, Dulcelina trabalha há 11 anos em Breves. O cheque do prêmio foi entregue à investigadora pelo delegado-geral Rilmar Firmino. 

Servidora Nota 10 de 2016
SERVIDORA NOTA 10 DO ESTADO
Os indicados à premiação foram conduzidos pelos gestores até palco e mostraram a satisfação de serem reconhecidos diante de todos os órgãos do Estado. “Esta premiação faz parte da política de valorização do servidor do Estado, e o importante é que estes servidores foram escolhidos pelos gestores”, disse o diretor da EGPA, Ruy Martini. Ainda, conforme Martini, o prêmio serve não apenas como reconhecimento, mas estímulo para estas pessoas que buscam sempre atender da melhor forma o público. 

A EGPA tem contribuído com este processo, seja com o prêmio ou com as oportunidades de capacitação. Antônio de Oliveira Silva, 64, é servidor da Fundação Santa Casa de Misericórdia há 46 anos. Neste período ele viu e viveu muitas histórias. Hoje ele trabalha na central telefônica. “Para mim foi uma surpresa, pois eu nunca havia concorrido. Fico muito feliz por ter esses anos todos de trabalho reconhecidos. Gosto do que faço e trato bem a todos, e acho que isso conta muito quando você é funcionário público”, disse. 

SOLENIDADE
DEDICAÇÃO Mauro Ferreira, 37, é servidor público há nove anos. Hoje ele está cedido para o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-bio), onde exerce a função de assistente de infraestrutura. “Acredito que este prêmio é também um grande estímulo ao servidor. Gosto muito do que faço. Trabalho em um lugar muito agradável, e as pessoas nos apoiam em nossas tarefas. Isso acaba se tornando gratificante para nós e para o público que atendemos”, frisou. 

Zequinha Marinho destacou a importância do servidor como representante direto do governo no atendimento ao público. “Ele representa o governo no atendimento ao cidadão. Por isso acredito que se estiver bem, motivado e reconhecido no trabalho, o funcionário terá condições de fazer um excelente atendimento. O que ocorre aqui hoje é um justo reconhecimento”, afirmou o vice-governador. Por Diego Andrade - Agência Pará/ Governo do Estado, com adaptações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil.

Nenhum comentário: