quarta-feira, 21 de setembro de 2016

PRESO EM TRACUATEUA NO PARÁ EX-ASSESSOR DE PREFEITO AFASTADO NO MATO GROSSO DO SUL

As Polícias Civil e Militar cumpriram, nesta terça-feira, 20, o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul contra Ronan Edson Feitosa de Lima, 38 anos, natural de Alto Araguaia (MT). Ele foi preso, em Tracuateua, nordeste paraense, em decorrência de mandado de prisão expedido pela Comarca de Mato Grosso do Sul. O preso é ex-assessor do prefeito afastado de Campo Grande, Gilmar Olarte, e é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro obtido em esquema de agiotagem. 

PRESO
Ele foi preso em Tracuateua, durante ação conjunta de policiais civis e militares de Tracuateua, mediante informação repassada pelo Núcleo de Inteligência Policial em apoio ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul.

O pedido de prisão preventiva foi expedido pelo desembargador Luiz Cláudio Bonassini em agosto deste ano. 

Ronan é réu na ação de corrupção passiva no caso dos cheques em branco em processo do qual responde também o ex-prefeito Olarte. Ronan foi preso por volta das 19 horas, quando foi abordado em um carro em frente a casa de familiares.

Ao ser abordado, ele não reagiu. Ronan de Lima foi encaminhado para a Superintendência da Polícia Civil em Capanema, onde está recolhido à disposição da Justiça do Mato Grosso do Sul.

Segundo o delegado Augusto Damasceno, a prisão de Ronan já foi comunicada ao Sistema Penitenciário do Pará, que ficou de providenciar a transferência do preso para uma Casa Penal, na região metropolitana de Belém, onde o preso vai aguardar o recambiamento para Campo Grande.

Nenhum comentário: