terça-feira, 23 de agosto de 2016

POLÍCIA CIVIL PRENDE TRÊS ENVOLVIDOS NA MORTE DE DONO DE EMBARCAÇÃO DURANTE ASSALTO NO MARAJÓ

A Polícia Civil, através da Superintendência de Breves, deflagrou neste domingo, dia 21, em Melgaço, no Marajó, a operação "Ruah" com o objetivo de conter a onda de roubos a embarcações no trecho Melgaço/Portel. Segundo o delegado Rodrigo Amorim, titular da Delegacia do município, as investigações se iniciaram após um assalto ocorrido à embarcação "Comandante Miró", no último dia 12 de junho, quando o dono do barco foi morto durante o assalto. Na ocasião, os celulares das vítimas foram roubados. 


DELEGADO RODRIGO AMORIM
Os aparelhos foram rastreados e a Polícia Civil identificou quatro pessoas acusadas de envolvimento no crime. Durante a operação, três dos envolvidos foram presos.

Luiz Junior Lisboa, de 24 anos; Francivaldo Cunha Barbosa, 37 anos, e Manoel Martins, 59 anos, são apontados como integrantes de uma associação criminosa acusada de cometer assaltos a embarcações na região do Marajó e em Macapá, no Amapá. O quarto integrante do grupo, Aglerivaldo Martins Lisboa, de apelido "Manduca", não foi encontrado e está foragido. 

Eles tiveram o mandado de prisão temporária expedido e três deles foram presos na cidade de Portel. Foi encontrado com Manoel Martins um dos celulares roubados.

Conforme o delegado Rodrigo Amorim, a equipe policial continua com as investigações para capturar "Manduca". Luiz Lisboa e Francivaldo Barbosa já possuem passagem na polícia por participação em outro latrocínio, e Francivaldo Barbosa responde por tráfico de drogas. As investigações irão prosseguir para combater a ação de piratas na região.

Nenhum comentário: