quarta-feira, 6 de julho de 2016

POLÍCIA CIVIL DESARTICULA DEPÓSITO DE ARMAS ILEGAIS USADAS EM ROUBOS DE CARGAS EM MOJU

A Polícia Civil desarticulou, nesta quarta-feira, 6, um depósito de armas ilegais que seriam utilizadas em assaltos a caminhões de transporte de cargas, em Moju, nordeste paraense. No local, foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e dois revólveres, um de calibre 32 e outro de calibre 38. Todas as armas estavam municiadas com projeteis que também foram apreendidos. A equipe policial prendeu em flagrante, no imóvel, Claudio Teixeira de Melo, que foi autuado pelo crime de porte ilegal de armas de fogo. 


De acordo com o delegado João Bosco Fagioli, titular da Delegacia de Moju, uma denúncia anônima levou os policiais civis até a residência, situada no km 40, da rodovia PA 150. Assim, a equipe policial foi até o local, onde durante uma revista, encontrou o armamento e as munições. Também foram encontrados no local telefones celulares, documentos e dinheiro. O investigador Silvio Johny e o escrivão Allison Eriko, juntamente com o delegado, conduziram o preso até a Delegacia para a lavratura do flagrante delito. 

OUTRO FLAGRANTE No dia de ontem, 5, a equipe policial prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Ronaldo Maciel Braga, acusado de violentar sexualmente a própria filha de 13 anos de idade. Em decorrência do crime, a vítima teria engravidado do pai. Ele foi preso durante operação policial, da equipe policial de Moju. 

CLAUDIO E RONALDO FORAM PRESOS
Segundo o delegado João Bosco, um inquérito policial foi instaurado na Delegacia do município, após o caso ser comunicado por meio de registro de Boletim de Ocorrência. O delegado requisitou todas as perícias e exames necessários a apurar os fatos e, com o resultado das investigações, representou na Justiça pela custódia preventiva do acusado, que agora, está preso à disposição da Justiça para responder por estupro de vulnerável.

Nenhum comentário: