terça-feira, 21 de junho de 2016

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR CAPTURAM ENVOLVIDOS EM GRUPO DE "PIRATAS" EM GURUPÁ NO MARAJÓ

As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, neste domingo, 19, três homens acusados de integrar um grupo de "piratas" no momento em que assaltavam um empurrador acoplado a duas balsas, no rio Amazonas, perto de Gurupá, na região do Marajó, no Pará. Salomão Alves Mendes, Geovani Lisboa Pereira e Carlos Alberto Brito de Oliveira foram capturados depois de uma intensa troca de tiros com os policiais. Os autores do crime se renderam e foram conduzidos para a Delegacia. A Justiça já manteve o flagrante e decretou as prisões preventivas dos acusados que agora passam à condição de presos de Justiça no aguardo de decisão judicial. 

EMPURRADOR ASSALTADO
BARCO USADO PELOS ASSALTANTES
ARMAS E DINHEIRO APREENDIDO
O delegado Geraldo Pimenta, titular da Delegacia de Gurupá, informou que a operação foi deflagrada logo após tomar conhecimento da ocorrência do assalto. De imediato, os policiais passaram a seguir ao local onde estava o empurrador no momento em que o veículo era assaltado pelos criminosos e que seguiam pelo rio com apoio de um barco. No momento da abordagem policial, houve troca de tiros. "Conseguimos interceptar o empurrador Comandante Pedrão, ao qual estavam acopladas as balsas Turibia Sales e Dias Neto III e prender os assaltantes", conta o policial civil. No empurrador estavam os presos Salomão e Geovani. Com eles, duas armas de fogo foram apreendidas.

PRESOS EM FLAGRANTE
GALÕES DE COMBUSTÍVEL
Na continuidade da operação, os policiais prenderam horas depois Carlos Alberto, o outro envolvido no roubo. Ele estava no barco usado no apoio dos assaltantes para transportar 46 galões com capacidade para armazenar até 200 litros de combustível, os quais seriam usados na retirada de óleo diesel das balsas. Ainda, de acordo com o delegado, um quarto integrante do grupo criminoso, que estava ao lado de Carlos Alberto, conseguiu fugir. Além do barco, duas armas usadas pelos bandidos e dinheiro foram apreendidos pelos policiais.

Nenhum comentário: