quinta-feira, 16 de junho de 2016

POLICIAIS RECUPERAM BEBÊ SEQUESTRADO DE DENTRO DE HOSPITAL NO DISTRITO DE ICOARACI EM BELÉM

As Polícias Civil e Militar recuperaram um bebê de um mês de vida que havia sido sequestrado, nesta quinta-feira, 16, da Unidade Municipal de Saúde (UMS) do distrito de Icoaraci, em Belém. Três pessoas foram presas em flagrante, de posse da criança, e foram autuadas em flagrante pelo crime, na Seccional Urbana de Icoaraci. Dos três presos, dois são um casal - Felipe Garcia, 22 anos, e Tamara Joana Brasil, 18 responsável pelo sequestro, e a outra pessoa é a mãe de Tamara, Valéria das Graças Brasil, 39. Eles foram presos, por volta de 19 horas, durante as buscas realizadas pelos policiais civis e militares, em Icoaraci. Ao ser encontrado, o bebê estava nos braços de Valéria. 

PRESOS
MÃE E SEU BEBÊ
Durante as investigações, os policiais civis apuraram que o casal vinha frequentando a unidade de saúde há cerca de uma semana, com objetivo de sequestrar uma criança recém nascida. A mãe de Felipe trabalha na UMS. Ainda, de acordo com as investigações, Tamara se aproveitou do fato da sogra trabalhar na Unidade de Saúde como forma de se aproximar da mãe do bebê, Jéssica Coelho, 23 anos, que estava com o bebê na unidade de saúde para um atendimento médico.

Enquanto Jessica amamentava o bebê, uma desconhecida se aproximou e pediu para carregar a criança e depois perguntou se poderia mostrar à sua sogra, que seria funcionária da Unidade de Saúde. Apesar de não conhecer a mulher, Jéssica disse que permitiu que a desconhecida levasse o bebê, mas pediu que sua outra filha, que tem quatro anos de idade, acompanhasse a mulher. No entanto, a criança também foi enganada e a mulher sumiu com o recém-nascido.

Em depoimento, Tamara alegou que sequestrou a criança para dar para sua mãe, Valéria, pois ela havia perdido um filho recentemente e estava deprimida. Foi então, segundo a acusada, que decidiu planejar o sequestro de um bebê recém-nascido. Com ajuda do companheiro, Felipe Garcia, Tamara foi até a Unidade de Saúde e ali ficaram, durante uma semana, para escolher a criança. Os dois foram reconhecidos pela mãe do bebê. Valéria foi presa em sua casa, em Icoaraci, enquanto que o a casal foi encontrado em via pública, em outro ponto do distrito. Tamara, Felipe e Valéria estão presos e ficarão recolhidos à disposição da Justiça.

Nenhum comentário: