segunda-feira, 13 de junho de 2016

POLÍCIA CIVIL PROMOVE PROGRAMA ALUSIVA AO DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA EM BELÉM

A Polícia Civil promove, nesta terça-feira, 14, uma programação alusiva ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, em Belém. De 8h30 da manhã até meio-dia, o auditório da Delegacia-Geral será palco de palestra, programação cultural e serviços gratuitos de saúde para servidores públicos da corporação, idosos atendidos em centros de convivência da capital paraense e usuários dos serviços da Polícia Civil. 

No início da programação, será realizada a palestra sobre saúde do idoso e aposentadoria com a médica gerontologista e assistente social, Luciléa Santos. Logo em seguida, será realizada uma programação cultural que vai contar com apresentação de grupos de idosos do Centro de Convivência da Terceira Idade "Zoé Gueiros". Ainda, durante a atividade, haverá atendimentos de saúde, como verificação de pressão arterial, consulta médica e checagem de glicemia; atendimento psicossocial; embelezamento facial e massagem relaxante. 

O evento é uma promoção do Núcleo de Pacificação e Prevenção da Violência (Nuprev) da Polícia Civil; e Diretorias de Recursos Humanos (DRH); de Atendimento ao Servidor (DAS) e de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV). 

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa é celebrado anualmente em 15 de junho. A programação vai contar ainda com a presença da delegada equipe da Delegacia de Proteção ao Idoso (DPID). 

DADOS Segundo dados da DPID, só no ano passado, foram registradas 390 ocorrências de diversos crimes previstos no Estatuto do Idoso, como maus tratos, abandono, desvio de proventos do idoso e deixar o idoso em local insalubre, entre outros. Desse total, 129 geraram procedimentos policiais, como inquéritos, Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e prisão em flagrante. 

Dos 129 procedimentos, a Delegacia teve uma prisão em flagrante, 21 inquéritos instaurados e 107 TCOs lavrados. Todos os procedimentos foram encaminhados à Justiça para providências legais. Os idosos passaram por atendimentos psicossociais e, em alguns casos, foram encaminhados para atendimento médico.

Nenhum comentário: