domingo, 12 de junho de 2016

POLÍCIA CIVIL PROCURA FALSO PASTOR EVANGÉLICO ACUSADO DE ESTUPRAR SEIS CRIANÇAS EM BARCARENA

A Polícia Civil investiga o paradeiro de Anderson Cleiton de Souza Gomes, 26 anos, que está foragido com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, sob acusação de estuprar seis crianças em Barcarena, nordeste paraense. Dizendo-se pastor da Igreja da Renovação, ele ganhava a confiança dos pais das vítimas e depois conseguia se aproximar das crianças, que depois eram levadas para a casa do acusado, onde os crimes eram praticados. Os casos foram denunciados à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), em Barcarena, onde a delegada Priscilla Naiatte, titular da Delegacia, deu início às investigações.


De acordo com a policial civil, Anderson também oferecia às crianças quantias em dinheiro que variavam de R$ 0,25 a R$ 0,50 para atrai-las até sua casa. Logo após o primeiro caso denunciado na Deam, ressalta a delegada, foi instaurado inquérito policial que resultou na decretação da prisão do acusado. "Após a  primeira denúncia, outras vítimas foram surgindo", detalha a delegada.

Ela ressalta que as investigações mostraram que o falso pastor evangélico estava em Barcarena havia quatro meses, mas que, na verdade, o acusado seria originário de Goiânia, capital do Estado de Goiás, para onde pode ter fugido. Ainda, conforme Priscilla Naiatte, Anderson é acusado de envolvimento em outros crimes na região, como roubos e até homicídios. "Existem informações de que Anderson já residiu em diversas cidades do Estado do Pará antes de chegar à Barcarena. Entre essas cidades estão Salinópolis, no litoral nordeste, e Ananindeua, na região metropolitana de Belém", salienta a policial civil. Quem tiver informações do paradeiro do acusado deve telefonar ao fone 181, o Disque Denúncia.

Nenhum comentário: