quarta-feira, 22 de junho de 2016

DESARTICULADA ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA PARA O TRÁFICO DE DROGAS EM ANANINDEUA

A Polícia Civil desarticulou uma associação criminosa envolvida em crimes relacionados ao tráfico de drogas, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. John Williams Lima dos Santos, 24; Wallace Rocha Gonçalves, 23, e Rocivaldo Morais de Oliveira, 24, foram presos em flagrante por policiais civis da Seccional Urbana do Paar, no bairro do Distrito Industrial. Com eles, três pedras de tamanho grande de óxi de cocaína e dois revólveres com munição foram apreendidos. Os presos foram autuados por tráfico, associação para o tráfico de drogas e associação criminosa armada. As prisões em flagrante foram homologadas pela Justiça que decretou, nesta quarta-feira, 22, as prisões preventivas dos acusados durante audiência de custódia no Fórum de Ananindeua. 


ARMAS E DROGAS APREENDIDAS
Segundo o delegado Jefferson Gualberto Neves, diretor da Seccional, a prisão do trio foi resultado de investigações realizadas pela equipe policial desde a noite da última segunda-feira, 20. O levantamento realizado mostrou o envolvimento dos presos no tráfico de drogas na área do conjunto Paar, onde residem, porém, destaca o delegado, os acusados estavam evadidos do Paar e escondidos atualmente em uma casa alugada no Distrito Industrial de Ananindeua. O imóvel, detalha o policial civil, era usado como esconderijo após a prática de crimes. "Eles se homiziavam no local para dar um tempo e depois voltaram a agir", explica. Há suspeitas do envolvimento deles em outros crimes, como roubos em Ananindeua. 

DETALHE DA ARMA COM MUNIÇÃO APREENDIDA
Durante as investigações, a equipe de investigadores identificou a casa em que os acusados estavam escondidos e fez a abordagem no local, durante a tarde de terça-feira, dia 21, quando os três foram presos em flagrantes com as drogas e armas de fogo. Em depoimento, os presos confessaram a prática do tráfico de drogas. Segundo eles, cada uma das pedras de óxi apreendidas seria diluída e transformada em duas para serem comercializadas na área. O delegado ressalta que as vítimas de outros crimes praticados pelos acusados e que os reconhecerem devem se dirigir à Seccional do Paar, em Ananindeua, no horário comercial, ou entrar em contato com o fone 181, o Disque-Denúncia, para denunciá-los.

Nenhum comentário: