segunda-feira, 30 de maio de 2016

PRESO PROFESSOR ACUSADO DE ABUSAR DE DUAS ALUNAS DE 7 ANOS EM ACARÁ

A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira, 30, em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o professor Ronildo Albuquerque do Rosário, em Acará, nordeste do Estado. Ele é acusado de abusar sexualmente de duas estudantes de sete anos, em uma sala da escola onde leciona, na zona rural do município. O acusado foi conduzido até o Presídio Coronel Anastácio das Neves, no Complexo de Americano, em Santa Izabel do Pará, onde está recolhido à disposição da Justiça. O inquérito foi concluído na última sexta-feira. O professor vai responder com base no artigo 217-A, do Código Penal, por crime de ato libidinoso contra menores de 14 anos. 

PRESÍDIO ONDE O PROFESSOR ESTÁ RECOLHIDO
Segundo o delegado Igor Honorato, responsável pelas investigações, as apurações das denúncias levaram duas semanas. Em torno de oito depoimentos foram coletados, entre eles, o professor acusado e as duas meninas de sete anos. Todos os procedimentos policiais foram acompanhados por conselheiros tutelares. As duas vítimas foram examinadas e foi constatado que sofreram atos libidinosos, por meio de apalpamento das partes íntimas. Segundo elas, os abusos sexuais teriam ocorrido em uma sala, da escola onde estudam, na comunidade de Vila Vinagre, e que o autor dos crimes foi o professor. 

Durante as investigações, outras quatro crianças revelaram que o professor também teria se aproveitado das crianças, na faixa de 7 a 10 anos, mas, nesses casos, não foi possível comprovar as práticas sexuais por meio de exames. As duas vítimas foram entregues aos cuidados dos conselheiros tutelares que prestaram todas as assistências às crianças. Após a emissão do mandado de prisão preventiva, explica o delegado, o acusado foi localizado na cidade de Acará e, depois, conduzido para o presídio Coronel Anastácio das Neves, onde está recolhido à disposição da Justiça.

Nenhum comentário: