sábado, 28 de maio de 2016

POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA POR MORTE CAUSADA POR CRIME DE TRÂNSITO EM TUCUMÃ

Moto da vítima
MOTO DA VÍTIMA
A Polícia Civil prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Jeferson Lima Brito, por causar a morte de uma pessoa durante disputa de racha (corrida não autorizada) com uso de motos, em Tucumã, sudeste paraense. A morte ocorreu no último dia 8.

Um inquérito foi instaurado pelo delegado William Crispim para apurar o caso, o que resultou na decretação da prisão do acusado. A informação foi divulgada neste sábado, 28. 

Segundo o delegado, em disputa de corrida de motos, a vítima Paulo Henrique Peixoto Pereira, acabou por perder o controle da moto e se acidentar gravemente, vindo a falecer. 

As investigações mostraram que a vítima disputava a corrida com Jeferson numa aposta no valor de R$ 50, na rodovia da região, trecho entre as cidades de Tucumã e Ourilândia do Norte. 

O delegado ressalta que a prática de corrida não autorizada, mais conhecida como "racha", é crime previsto no artigo 308, do Código Nacional de Trânsito, e tem pena que varia de 5 a 10 anos de reclusão. 

Com base nas provas coletadas, durante o inquérito, o delegado representou na Justiça pela custódia preventiva de Jeferson que, assim, foi preso e está recolhido à disposição do Poder Judiciário, para responder pelo crime. 

A prisão dele foi realizada pela equipe da Delegacia de Tucumã formada pelo delegado e pelos investigadores Brito e Davi, e escrivão Moia. 

Nenhum comentário: