sexta-feira, 1 de abril de 2016

POLÍCIAS CIVIL E RODOVIÁRIA ESTADUAL FLAGRAM CRIME AMBIENTAL DURANTE OPERAÇÃO EM GOIANÉSIA DO PARÁ

As Polícias Civil e Rodoviária Estadual deflagraram, ontem, operação denominada "Artemis", em Goianésia do Pará, nordeste paraense, para combate a crimes na região. Durante a ação, os policiais apreenderam um caminhão-baú que fazia transporte ilegal de peixes da espécie arraia-pintada. O veículo estava seguindo em direção à Belém, onde a carga seria comercializada em feiras da capital paraense. 






Ao todo, os policiais encontraram 34 arraias-pintadas. De acordo com o delegado Arthur Nobre, titular da Delegacia de Goianésia do Pará, a abordagem foi realizada na rodovia BR-010 (Belém-Brasília), durante a operação conjunta. A carga ilegal de arraias-pintadas estava escondida por trás de vários móveis dentro do baú do caminhão. "O transporta estava sendo feito de forma velada para tentar camuflar a mercadoria", explica o policial. 


Após a apreensão, os policiais civis e rodoviários estaduais, com apoio de agentes da Secretaria de Meio-Ambiente de Goianésia do Pará, conduziram a carga apreendida até o rio, onde as arraias-pintadas foram soltas para retornar ao seu habitat. "Todos os animais conseguiram sobreviver e foram devolvidas à natureza", destaca o delegado. O responsável pelo transporte ilegal dos peixes vai responder pelo crime ambiental na Justiça. 

Nenhum comentário: