quinta-feira, 14 de abril de 2016

POLÍCIA CIVIL AUTUA FALSO SERVIDOR PÚBLICO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BREVES

A Polícia Civil autuou em flagrante, nesta quinta-feira, 14, por tentativa de estelionato, o mototaxista Benedito Miranda Machado, 47 anos. Ele foi preso ao tentar aprovar documentos falsos, passando-se por servidor público municipal, em uma agência bancária, de Breves, na ilha do Marajó, para fazer um empréstimo consignado. O gerente do banco desconfiou dos documentos e depois descobriu que o acusado não era funcionário da Prefeitura do Município. 


Ao retornar ao banco para concluir o procedimento, o falsário foi preso por policiais militares e apresentado ao delegado Artur Carlos Silva Junior, da Superintendência da Polícia Civil do Marajó Ocidental. Segundo o policial civil, o gerente do banco recebeu o acusado no último dia 1º na agência para dar entrada da documentação solicitando a realização de um empréstimo consignado, em que o valor solicitado ao banco é descontado direto no contracheque do servidor público. 

Ao bancário, Benedito apresentou três contracheques nos quais se apresentava como funcionário da Secretaria Municipal de Educação de Breves. Ele também apresentou ao banco uma conta de luz como comprovante de residência e uma declaração forjada da Secretaria Municipal de que era servidor público em atividade no município. O gerente do banco marcou o retorno para alguns dias depois até dar tempo de checar junto ao município os dados apresentados pelo acusado. 

Foi nesse tempo em que a Secretaria Municipal de Administração confirmou que o acusado não era servidor público do município de Breves. Então, o bancário marcou por telefone com Benedito para que viesse ao banco, nesta quinta-feira, quando policiais militares já o aguardavam para prendê-lo em flagrante. Ao delegado, foram apresentados as cópias dos contracheques que ficaram no banco, além dos demais documentos. O mototaxista está recolhido à disposição da Justiça.

Nenhum comentário: