terça-feira, 1 de março de 2016

PRESO ACUSADO DE MANDAR MATAR DESAFETO APÓS DISCUSSÃO EM FESTA EM BARCARENA

A Polícia Civil desvendou um homicídio registrado em 16 de janeiro deste ano, após investigações presididas pela delegada Priscilla Naiatte, de Barcarena, no nordeste paraense. O trabalho investigativo resultou na definição de que três pessoas estão envolvidas no crime. Uma delas está presa. Trata-se de Pedro Steffison Alves da Silva, de apelido "Boca de Piranha", suspeito de ser o mandante do crime, cuja vítima é Ismael Carlos Moraes Corrêa. Pedro foi preso ontem (29) por policiais civis e militares em decorrência de mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça em decorrência de representação feita pela delegada. 

MOTO DO CRIME FOI APREENDIDA
O crime teria sido motivado por vingança. Durante uma discussão em uma festa, no final do ano passado, Ismael teria acusado Pedro de ter "dado em cima" da namorada de um amigo. As investigações mostraram que o acusado teria contratado dois comparsas para executar a vítima. 

O crime foi praticado, conforme testemunhas, por dois homens em uma moto que se aproximaram de Ismael e efetuaram disparos. Os dois executores estão sendo investigados. Ainda, conforme a delegada, a moto usada no crime foi apreendida ontem, 29. Todo trabalho investigativo contou com comprometimento do escrivão Marco Antonio de Melo na elucidação do crime e prisão do acusado. Pedro está recolhido na unidade policial à disposição da Justiça. 

Nenhum comentário: