terça-feira, 8 de março de 2016

POLÍCIA CIVIL PARTICIPA DO LANÇAMENTO DO NOVO SISTEMA DE COLETA DE DADOS DA FUNDAÇÃO PRO PAZ EM BELÉM

Nesta terça-feira, 8, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, foi lançado oficialmente, na sede do Pro Paz Integrado, em Belém, um sistema de informação que vai coletar de forma mais precisa os dados de mulheres atendidas pela instituição. Através desta nova ferramenta, será possível integrar os diversos órgãos que funcionam no Pro Paz e, assim, criar uma plataforma digital compartilhada capaz de agilizar os atendimentos. “Estamos vivendo um sonho. Lembro que eu recebia uma tabela em Excel todo fim de noite com os processos para acompanhar. Agora será diferente. Se bem alimentado, teremos um dos sistemas mais modernos do Brasil”, comemora a secretária Extraordinária de Integração de Políticas Públicas (Seips), Izabela Jatene. 

Lançamento no Pro Paz
LANÇAMENTO NO PRO PAZ
Por meio deste sistema será possível fazer um georreferenciamento por regiões e levantar o perfil das vítimas e dos agressores, gerando indicadores que vão possibilitar ações de controle, prevenção e planejamento de políticas públicas. “A partir de agora, vamos ter uma gestão de dados mais eficiente, com resultados mais céleres e confiáveis”, diz Jorge Bittencourt, presidente do Pro Paz. Futuramente, os dados coletados pelo Pro Paz serão incluídos no Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), ferramenta inteligente que permite uma averiguação mais ampla do caso, possibilitando inclusive que sejam anexadas fotos, vídeos e áudios, mapeando casos e associação de organizações criminosas, entre outros. Este formato de sistema de cadastro foi considerado pelo Ministério da Saúde modelo na atenção à saúde integral das vítimas de violência no país. 

ATENDIMENTO A doceira A.N, de 39 anos, frequenta o Pro Paz Integrado há um ano. Ela procurou ajuda após sofrer inúmeras agressões do marido motivadas por ciúme. “Quando eu trabalhava como doméstica, costumava passar muito tempo na casa dos meus patrões e isso o deixava com raiva, não aceitava de jeito nenhum”, lembra a mulher. De acordo com a vítima, a gota d’água foi uma agressão que a levou direto para o hospital. A partir de agora, toda a história de A.N ficará armazenada neste novo sistema e toda vez que for ao espaço será atendida com mais rapidez e precisão. “Agora vamos ter uma resposta mais rápida pro nosso problema”, acredita a doceira. 

Modelo de atendimento pioneiro no Brasil, por adotar uma concepção de trabalho que agrega, em um único espaço, todos os serviços necessários a uma assistência imediata, humanizada e eficaz às vítimas de violência, o Pro Paz Mulher dispõe de uma equipe multidisciplinar que integra profissionais de assistência social, psicologia e médicos, além de contar com os núcleos de Responsabilização do Agressor (a cargo da Polícia Civil) e Jurídico (onde atuam o Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Justiça). Também dispõe de serviço pericial, que oferece exames especializados e emissão de laudos para constatação de abuso sexual ou agressão física. 

Onde encontrar atendimento do Pro Paz/ Deam no Pará: 

- Pro Paz Mulher e Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam): Travessa Mauriti, 2.394, entre Avenida Rômulo Maiorana (25 de Setembro) e Duque de Caxias, Marco 

- Núcleo Santa Casa - Rua Bernal do Couto, s/n, Umarizal, Belém. Telefone: (91) 4009-2268/ 3223-2412 - Núcleo Renato Chaves - Rodovia do Mangueirão, s/n, Benguí, Belém. Telefone: (91) 4009-6000 

- Posto de Atendimento Avançado Pro Paz Integrado - Terminal Hidroviário de Belém Luiz Rebelo Neto - Galpão 9 da Companhia Docas do Pará (CDP), ao lado do posto do Juizado da Infância e Juventude, próximo ao portão de desembarque 

- Núcleo Baixo-Amazonas - Avenida Sérgio Henn, 70, bairro Inventoria, Santarém 

- Núcleo Zona Bragantina - Rua Martins Pinheiro, s/n, esquina com Duque de Caxias, bairro Alegre, Bragança 

- Núcleo Xingu - Rua Curitiba, s/n, bairro Jardim Uirapuru, Altamira 

- Núcleo Região do Lago - Rua São Paulo, s/n, bairro Bela Vista, ao lado da Creche Menino Deus, atrás do Detran, Tucuruí 

- Núcleo Região Guajarina - Rua Industrial, s/n, Jardim Bela Vista, ao lado do Quartel, Paragominas. Telefone: (91) 3729-1068. Fonte: Secom (Secretaria de Comunicação do Governo do Pará).

Nenhum comentário: