terça-feira, 11 de novembro de 2014

POLÍCIAS CIVIL DO PARÁ E DO DISTRITO FEDERAL PRENDEM GRUPO QUE PRETENDIA SEQUESTRAR BANCÁRIO EM MARABÁ

As Polícias Civis do Pará e do Distrito Federal prenderam, durante operação conjunta, na manhã desta terça-feira, 11, cinco homens que pretendiam fazer o sequestro de um bancário para assaltar uma agência bancária em Marabá, sudeste paraense. As prisões foram realizadas por policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos de Belém e policiais civis de Brasília, com apoio da Superintendência Regional do Sudeste do Pará de Marabá e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI). As capturas resultaram de quatro dias de investigações.



Os presos são Caio Fonseca Araújo, 26 anos; Diego da Silva Assunção, 25; Walter de Abreu de Souza Carvalho, 26; Taironi Oliveira da Silva Araújo, 29, e Eduardo Nonato da Silva, 24. Com eles, três armas de fogo; munição; carregadores e telefones celulares foram apreendidos. Com o preso Eduardo, os policiais apreenderam duas carteiras de identidade emitidas nos Estado de Goiás e Pará nas quais se apresenta com dois nomes diferentes.

Conforme o delegado Carlos Vieira, superintendente regional do Sudeste Paraense, o bando foi capturado no momento em que seguia até a casa do gerente de uma agência bancária, em Marabá, para praticar o assalto a banco, na modalidade de crime conhecida como “sapatinho”, em que a família do funcionário do banco é feita refém para obrigá-lo a liberar o dinheiro da agência. Os presos têm mandados de prisão nos Estados do Pará, Tocantins e no Distrito Federal. Eles permanecem presos em Marabá à disposição da Justiça.

Nenhum comentário: