terça-feira, 19 de novembro de 2013

POLÍCIA MILITAR DO PARÁ VAI GANHAR NOVOS 1,9 MIL SOLDADOS PARA SERVIR À POPULAÇÃO DO PARÁ

Com a aula inaugural que será ministrada pelo governador Simão Jatene nesta quarta-feira (20), às 9 horas, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, começa a formação dos 1.910 novos soldados da Polícia Militar do Pará, aprovados no último concurso feito pelo Estado para ampliar os serviços da corporação. A preparação dos novos servidores faz parte do programa de investimentos feito pelo governo na reestruturação do Sistema de Segurança Pública, que recebe melhorias na logística, inteligência e área operacional. O comandante geral da PM, coronel Daniel Mendes, destaca os fortes investimentos feitos pelo governo do Estado na área de logística das forças policiais, com a aquisição e a oferta de centenas de viaturas, motocicletas e aeronaves com tecnologia avançada para o trabalho de capilaridade da presença do Estado em todas as regiões paraenses com qualidade, tanto na prevenção quanto no enfrentamento da criminalidade. 

TURMA DO CURSO DE FORMAÇÃO DE NOVOS POLICIAIS
Também recebem investimentos as áreas de inteligência, estatística, operacional e de gestão de pessoal, que envolve seleção, ingresso e formação permanente, valorizando direta e indiretamente todos os que atuam no sistema. “A partir desse cenário, os novos alunos soldados encontram uma corporação com uma identidade cada vez mais sólida no campo da proteção e da defesa da sociedade”, afirma o coronel. Segundo o comandante da PM, o Estado vive um momento de consolidação da integração entre as forças de segurança do Estado, os órgãos parceiros do Judiciário e as prefeituras, além dos colaboradores da União e a parceria fundamental com a população paraense. 

ALUNOS DA TURMA
O coronel destaca ainda o recém-lançado Programa de Redução da Criminalidade, que objetiva fazer a análise qualitativa das ações integradas entre os diversos órgãos do sistema, “com destaque para as ações conjuntas entre as polícias, norteadas pelo prisma da gestão por resultados, potencializando efetivo e meios diversos para a redução progressiva do crime em nosso Estado”. Formação – Daniel Mendes explica que o novo curso de formação que começa nesta quarta-feira objetiva formar policiais militares dentro da visão atual de polícia cidadã, com ênfase nas ações que buscam aproximar a corporação da sociedade, na promoção e defesa dos direitos humanos e na filosofia de polícia comunitária. 

COMANDANTE-GERAL DA PM DO PARÁ
A aula inaugural do curso de formação de soldados da Polícia Militar será transmitida por videoconferência a todos os alunos aprovados no certame, que estarão nos polos de formação da PM espalhados pelo Estado. Além de Belém, o evento ocorrerá simultaneamente nas cidades de Itaituba, Santarém, Altamira, Marabá e Conceição do Araguaia. O curso é fruto do concurso público iniciado em 2012 e concluído no segundo semestre deste ano. O curso de formação de soldados abrange 1,2 mil horas de aulas. A grade curricular engloba temas como direitos humanos, intervenções em crises com reféns, polícia comunitária, mediação de conflitos e conduta policial defensiva (procedimentos preventivos para minimizar riscos e preservar a integridade física do policial quando fora de serviço). 

Concursados – O estudante de matemática Alisson Rodrigo, 18 anos, é um dos alunos aprovados no concurso. “Meu amor pela carreira militar veio antes do meu amor pela matemática. Estou muito entusiasmado e motivado com essa oportunidade, pois, desde pequeno, sempre admirei a ordem, hierarquia e disciplina que existe na corporação”, afirma. “Antes de tudo, é preciso ter amor à farda, ao próximo e à sociedade como um todo. E isso eu tenho”, garante. A estudante de enfermagem Wanessa Cavalcante Carneiro, 20 anos, também foi aprovada no certame. “Vejo a PM como uma instituição de respeito que preza pelos direitos dos cidadãos. Futuramente, pretendo crescer na corporação como enfermeira, mas por enquanto vou trancar a faculdade para me dedicar ao máximo ao curso de formação de soldados”, diz. 

INGRID RODOLFI
Outra aprovada foi a bacharel em direito Ingrid Rodolfi, 23 anos, que aguardava com ansiedade a nomeação. “Espero servir à instituição da melhor maneira possível. Sei que aprenderei muito no curso e dentro da corporação como um todo”, frisa. Além do polo Belém, a PM terá núcleos de formação em Itaituba, Santarém, Altamira, Conceição do Araguaia, Parauapebas, Marabá, Tucuruí, Tailândia, Abaetetuba, Barcarena, Soure, Paragominas, Capanema, Castanhal e Santa Isabel do Pará. TEXTO: AGÊNCIA PARÁ DE NOTÍCIAS/ GOVERNO DO PARÁ.

Nenhum comentário: