domingo, 24 de novembro de 2013

POLÍCIA CIVIL QUATRO HOMENS ENVOLVIDOS NO TRÁFICO DE PEDRAS DE ÓXI DE COCAÍNA EM IPIXUNA DO PARÁ

A Polícia Civil deflagrou, neste final de semana, em Ipixuna do Pará, nordeste paraense, a operação “Natal da Paz”, que visa combater o tráfico de drogas, na região. Na ação policial, quatro homens envolvidos no crime foram presos com pedras de óxi de cocaína. Com as quatro prisões, já foram presas seis pessoas por tráfico de drogas, no município, em novembro. Mais de 16 quilos de drogas foram apreendidos. Dois deles - Joseval Pedro Batista, 47 anos, e Magno Santos Diniz, de 25 anos – foram flagrados com 20 pedras de óxi de cocaína e mais dois sacos com uma quantidade de maconha. Já os outros dois, Francisco Magno Carvalho e Domingos Rosa de Cristo, de apelido “Sapucaia”, foram presos, em outra abordagem policial, com 88 pedras da mesma droga. 

DROGAS E PRESOS
As prisões em flagrante resultaram de investigações realizadas pela equipe da Polícia Civil de Ipixuna do Pará que vem realizando um trabalho de investigação e combate ao trafico de drogas na cidade. Um dos presos, Magno Diniz, já era investigado há meses, pois era apontado como o responsável em fornecer drogas para outras pessoas as quais eram encarregadas de fazer o comércio do produto ilegal na região. Os investigadores Salk e Antônio Carlos, responsáveis pelas investigações, flagraram Magno e o comparsa Joseval enquanto observavam a movimentação suspeita característica de tráfico de drogas, perto da casa dos acusados. 

Os policiais civis resolveram abordar Joseval para uma revista e encontraram com ele as 20 pedras de óxi, droga derivada da cocaína, e os sacos com maconha. Interrogado, Joseval confessou que estava vendendo aquela droga, mas que o produto pertenceria a Magno Santos, para quem trabalhava no tráfico. Com base no relato do preso, o delegado Raphael Souza, titular da Delegacia de Ipixuna do Pará, determinou que os policiais civis fossem até a casa de Magno, que acabou preso e conduzido para a Delegacia. Ao delegado, Magno confessou que a droga lhe pertencia e que havia repassado a Joseval para venda. 

Os dois presos foram autuados em flagrante pelo crime de trafico de drogas e estão recolhidos na carceragem da Delegacia de Ipixuna do Pará à disposição da justiça local. O delegado Raphael Souza afirmou que a prisão é resultado de um trabalho de combate ao trafico de drogas realizado em Ipixuna do Pará. As ações policiais já resultou, só neste mês, na apreensão de 15 quilos de maconha com um adolescente e na prisão de Rosiane Pereira dos Santos flagrada com um quilo de pedras de "óxi" de cocaína. 

MAIS PRISÕES Francisco Magno Carvalho e Domingos Rosa de Cristo, de apelido “Sapucaia”, foram presos pela Policia Civil também com pedras de óxi. Eles já haviam sido presos em Ipixuna do Pará, em março deste ano, e ficaram presos por oito meses por tráfico de entorpecentes, no presidio de Paragominas, da onde haviam saído há somente 15 dias. Após terem saído do presídio, para responder o processo em liberdade provisória, as investigações demonstravam que eles haviam voltado a traficar drogas e que estavam vendendo cocaína. Os dois foram flagrados na Avenida Beira Rio, onde vendiam pedras de óxi. O delegado Raphael Souza com os investigadores Antônio Carlos e Salk e apreenderam 88 pedras de óxi com os presos. Eles retornaram para o presídio de Paragominas. A operação “Natal da Paz” visa combater, principalmente, o tráfico de drogas, em Ipixuna do Pará.

Nenhum comentário: