segunda-feira, 18 de novembro de 2013

POLÍCIA CIVIL DÁ INÍCIO A MAIS UMA TURMA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO DE IDENTIFICADORES CIVIS E CRIMINAIS

A Polícia Civil iniciou, nesta segunda-feira, 18, mais uma turma do Curso de Capacitação de Identificadores Civis e Criminais, na sede da Delegacia-Geral, em Belém. A turma, a última do ano, é formada por cerca de 20 servidores públicos que trabalham em municípios do interior do Pará, cujas Prefeituras assinaram convênio com a Polícia Civil para cessão de funcionários para atuar como identificador responsável em coletar dados para confecção de carteiras de identidade e para emissão de fichas criminais. Eles passarão, durante duas semanas, na Delegacia-Geral. Segundo Kleiton Cabral, da Academia da Polícia Civil, o curso é dividido em duas partes. "Temos uma parte teórica e muita parte prática. Estaremos o tempo todo observando os alunos", destaca. 

AULA DE ABERTURA
KLEITON CABRAL (DE VERMELHO) CONVERSA COM TURMA
Para ser aprovado no curso, o servidor público não pode faltar nenhuma das aulas e deverá ter nota final mínima de 7 pontos. O curso é coordenado pela Academia da Polícia Civil (Acadepol) em parceria com a Diretoria de Identificação "Enéas Martins" (DIDEM), da Polícia Civil. Desde o início do ano, a Polícia Civil do Pará já capacitou mais de 125 servidores públicos para atuarem como identificadores no Pará. Todos os servidores estão capacitados a exercer a atividade de identificador, em que atenderão ao público nos Postos de Identificação e Prefeituras no interior, para coleta dos dados pessoais e impressões digitais dos cidadãos para emissão da carteira de identidade. 

Após concluir o curso, os servidores municipais retornarão aos municípios em que atuam com material de confecção de carteiras de identidade, como prontuários de identificação civil. Além de prestar o serviço de emissão de carteiras de identidade, os identificadores serão habilitados a fazer a prestação de informações criminais nos municípios. Durante o período do curso, os servidores públicos municipais terão aulas sobre emissão de carteiras de identidades, por meio das disciplinas: identificação civil, qualidade no atendimento público, necropapiloscopia (coleta de impressão digital de mortos), identificação criminal e redação técnica. Todos passaram por estágio supervisionado no prédio da DIDEM.

Nenhum comentário: