sábado, 9 de novembro de 2013

GOVERNO DO PARÁ CAPACITA POLICIAIS PARA ATUAR NO COMBATE AOS CRIMES NOS RIOS

O Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFLU) vai promover um ciclo de palestras e instruções sobre procedimentos de operação com motores a diesel, para policiais civis e militares e bombeiros militares, com a participação de especialistas da fabricante Mercury, do Rio de Janeiro, especializada neste tipo de equipamento. A programação acontece entre os dias 11 e 15 de novembro, no auditório da unidade, localizado à avenida Arthur Bernardes, em Belém. “Este treinamento é necessário em virtude dos investimentos na remotorização de 11 embarcações do Sistema de Segurança Pública do Estado do Pará e da aquisição de mais cinco lanchas, em convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública”, informou o diretor do GFLU, delegado Dilermando Dantas Júnior. 

LANCHAS DO GRUPAMENTO FLUVIAL DO PARÁ
Ele explicou que os motores de centro, tipo rabeta, a diesel estão substituindo gradativamente os antigos motores de popa à gasolina, que antes eram utilizados nas embarcações do GFLU. Após todo o processo de remotorização, o GFLU passará a contar com cinco embarcações de ações táticas (EAT) e uma condutora de tropa (ECT), além de uma nova lancha do tipo LAEP (Lancha de Apoio de Ensino é Patrulha). 

AÇÃO DO GRUPAMENTO FLUVIAL
DELEGADO DILERMANDO DANTAS, DIRETOR DO GFLU
A remotorização vem reduzindo sistematicamente as despesas com combustível, em virtude do melhor rendimento do diesel. “Esta mudança melhorou consideravelmente o desempenho das embarcações e reduziu os riscos de colisões e avarias na rabeta e na hélice, que nos equipamentos de popa ficam em níveis mais profundos em relação à quilha”, acrescentou o delegado. "Esta iniciativa visa qualificar os servidores do GFLU em manuseio, controle e manutenção destes motores, o que vai nos ajudar a utilizar os equipamentos de modo profícuo, garantindo a preservação do bem público, aumentando o rendimento e o tempo de vida útil dos equipamentos e veículos, Acreditamos que a melhor forma de atingir padrões operacionais satisfatórios é o investimento em especialização, treinamento e requalificação do nosso pessoal”, acrescentou o delegado Dilermando Dantas.

Nenhum comentário: