quinta-feira, 7 de novembro de 2013

BANDIDOS QUE MATARAM ESPOSA DE POLICIAL MILITAR JÁ ESTÃO PRESOS PARA RESPONDER PELO CRIME NA JUSTIÇA

Já estão presos os bandidos que balearam e mataram a sindicalista Feliciana Mota e balearam o marido dela, o sargento PM Antônio Hélio Borges. Os três estão na Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, onde ocorre a lavratura das prisões em flagrante dos criminosos. O crime aconteceu, no final da manhã, após os bandidos tomarem de assalto uma loja, no centro comercial de Belém. Na fuga, o sargento que estava ao lado da esposa, dentro do carro particular, avançou com o veículo para cima da moto usada pelos três assaltantes, derrubando-os no chão. 

BANDIDOS PRESOS
Os bandidos se levantaram e passaram a atirar contra o carro, baleando o casal. Feliciana Mota morreu na hora com um tiro no pescoço. Já o policial militar, também baleado no pescoço, foi socorrido e levado primeiramente para o Pronto Socorro do Guamá, de onde já foi transferido a um hospital particular. 

FELICIANA MOTA MORREU NO LOCAL. NO DETALHE, FOTO DO CASAL
Após os disparos, os bandidos invadiram uma loja de tecidos, na avenida 15 de Novembro, onde mantiveram clientes e funcionários como reféns, por mais de uma hora. Após se entregarem, depois de receberem coletes à prova de balas, os bandidos foram levados para a Divisão de Homicídios, onde prestam depoimento ao delegado Eduardo Rollo. O corpo de Feliciana Mota foi removido ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. 

O blog "Polícia do Pará - Ao Alcance de Todos" solidariza-se com os policiais militares, amigos e familiares das vítimas, rogando a Deus que proteja a vida do sargento Hélio Borges e que dê a paz à Feliciana Mota, que era integrante da Associação de Mulheres de Policiais Militares do Pará.

Nenhum comentário: