segunda-feira, 1 de setembro de 2014

POLÍCIA CIVIL PRENDE ENVOLVIDOS NO ROUBO E MORTE DA EMPRESÁRIA MÁRCIA ARRUDA

A Polícia Civil apresentou, nesta segunda-feira, 01º, três presos por envolvimento no assalto ao posto de combustível, em Ananindeua, onde o casal de empresários Alberto Arruda Filho e Márcia Arruda Godinho foi alvejado a tiros. Ela morreu no local. O crime aconteceu na segunda-feira passada, dia 25. Outro envolvido no crime, Rômulo Carlos Loureiro Pimentel, 30 anos, conhecido por “Cara de Porco”, apontado como autor dos tiros, morreu após reagir a tiros à voz de prisão dada pela equipe de policiais civis da Divisão de Homicídios, em Santo Antônio do Tauá, nordeste paraense. Ele ainda foi socorrido, mas não resistiu. Os presos apresentados são Thiago de Castro Pena, 23, piloto da moto; Ricardo Pereira Araújo, 22, de apelidos "Ricardinho" ou "Maranhão", e Darlindo Ferreira Braga, 24, de apelido "Nando". 

Thiago, Ricardo e Darlindo: Presos
PRESOS
A apresentação foi presidida pelo delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, na sede da Divisão de Homicídios, em Belém, e contou com as presenças dos delegados Claudio Galeno e Maria Lúcia Santos, da DH; Christiane Ferreira, delegada-geral adjunta; Ione Coelho, diretora de Polícia Especializada, e Ricardo do Rosário, da Seccional Urbana de Santa Izabel do Pará. Conforme Rilmar Firmino, o telefone celular roubado da empresária e a roupa de gari usada no crime, que foram encontrados, durante as investigações, na casa de “Cara de Porco”, deram a certeza do envolvimento dele no crime. 

O delegado Cláudio Galeno explicou que, após o cometimento do crime, a Delegacia-Geral, por meio da Diretoria de Polícia Especializada (DPE), determinou a imediata investigação. Inicialmente, as buscas aos criminosos contaram com apoio da Polícia Militar e apoio das Seccionais de Ananindeua e do Paar. “Em três dias, todos os participantes do crime foram identificados”, detalha o delegado. Com apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário, que, em menos de 24 horas depois, já havia decretado os mandados de prisão dos envolvidos no crime. As prisões tiveram início na madrugada de sábado passado, por volta de 2 horas da manhã, quando foi preso Ricardo Pereira Araújo, 22 anos. Ele foi preso no momento em que iria pegar um ônibus em Santa Izabel do Pará com destino ao Estado do Maranhão. 

Os policiais civis acompanharam os passos do acusado desde o hotel, onde estava hospedados junto com a companheira e uma criança. Com ele, um revólver calibre 38 foi apreendido. Já, por volta de 20 horas de sábado, foi preso Darlindo Ferreira Braga, 24, de apelido “Nando”, no momento em que iria pegar um barco, em um porto de Belém, para viajar até a cidade de Anajás, no Marajó. O outro envolvido no crime, Rômulo Carlos Loureiro Pimentel, 30, de apelido “Cara de Porco”, foi localizado por volta de 14 horas, desta segunda-feira, em uma área de invasão em Santo Antônio do Tauá, nordeste paraense. Com apoio de policiais civis da Seccional Urbana de Santa Izabel do Pará, comandados pelo delegado Ricardo do Rosário, a equipe da Divisão de Homicídios foi até a casa onde o acusado estava escondido. 

Entrevista coletiva. Abaixo, delegados Rilmar e Galeno
ENTREVISTA A JORNALISTAS
No momento da abordagem, “Cara de Porco” correu de um compartimento para outro na casa, onde se armou com um revólver calibre 38 e passou a atirar contra os policiais civis, que revidaram e atingiram o criminoso duas vezes. De imediato, Rômulo Pimentel foi levado para o Hospital Municipal de Santa Izabel do Pará, onde não resistiu e foi a óbito. Em depoimento, os presos confessaram à delegada Maria Lúcia Santos, da Divisão de Homicídios, envolvimento no crime. 

As investigações mostraram que Darlindo Braga havia sido, primeiramente, convidado por “Cara de Porco” e Ricardo para dar fuga aos dois após o assalto, mas ele não conseguiu uma moto. Por isso, os dois procuraram Thiago, que tem uma moto, para dar apoio na fuga dos criminosos em troca de uma quantia em dinheiro. Durante o assalto, Darlindo permaneceu perto do posto de combustível. As investigações mostram que “Cara de Porco” é o assaltante que atira nas vítimas. O segundo assaltante, que aparece nas imagens da câmera de segurança do posto indo até o carro das vítimas e roubando a bolsa da empresária, é Ricardo Araújo. Conforme o delegado Cláudio Galeno, as investigações continuam visando esclarecer as circunstâncias dos fatos.

POLÍCIA CIVIL PROSSEGUE PEREGRINAÇÃO DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ NA SECCIONAL DA MARAMBAIA

A Polícia Civil prosseguiu, nesta segunda-feira, 01, a peregrinação alusiva ao 16º Círio da corporação em homenagem à Virgem de Nazaré. A romaria percorre as unidades policiais da Região Metropolitana de Belém. Pela manhã, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi levada da sede da Seccional Urbana de Icoaraci para a Seccional Urbana da Marambaia. Na chegada, a padroeira dos paraenses foi recepcionada com uma cerimônia celebrada no auditório da unidade policial, que contou com as presenças de policiais civis e servidores administrativos que trabalham na Seccional. A programação teve início em 20 de agosto. A Seccional da Marambaia é a nona unidade da Policia Civil a receber a peregrinação. 

Nesta terça-feira, a imagem será levada da Seccional da Marambaia para a sede da Divisão Especializada em Meio-Ambiente (DEMA), na rodovia Augusto Montenegro. Conforme Luiz Monteiro Junior, coordenador da comissão de servidores responsáveis pela peregrinação, os servidores públicos e a comunidade poderão doar alimentos que serão entregues à Casa de Plácido, sediada na área da Praça Santuária de Nazaré, responsável em prestar atendimentos médicos e fazer doações de alimentos aos romeiros vindos do interior para celebrar a Virgem de Nazaré, em Belém. As doações serão entregues à instituição, ao final da programação do 16º Círio da Polícia Civil. 

Peregrinação na Seccional da Marambaia

CÍRIO DA POLÍCIA CIVIL Ao todo, a imagem passará por 28 unidades policiais, entre Delegacias, Seccionais, Divisões, Sindicatos da Polícia Civil, e órgãos da Segurança Pública, até o próximo dia 26 de setembro, quando será realizada a primeira romaria rodoviária da Polícia Civil. O evento irá percorrer desde a sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP), no centro de Belém, até a praça Amazonas. No último domingo de setembro, dia 28, será realizada a procissão do 16º Círio da Polícia Civil, com missa celebrada às 7 horas da manhã, na Delegacia-Geral.

POLÍCIA CIVIL AUTUA ENVOLVIDOS EM ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA QUE SE PASSAVAM POR POLICIAIS CIVIS EM CASTANHAL

A Polícia Civil de Castanhal, nordeste paraense, investiga os crimes praticados por uma associação criminosa, cujos integrantes se passaram por policiais civis para invadir casas, na vila Ananin, no município de Curuçá. Quatro integrantes do grupo criminoso foram presos na semana passada. Um deles é Antonio da Silva Nunes, dono de uma empresa que presta serviços de segurança privada a grandes condomínios, lojas e postos de combustível, na capital e interior do Estado. 

Presos e apreensões

Os demais presos são Michael Alves de Assis; Rodrigo Felipe Souza Nery e Eduardo Doura da Silva, que foram autuados pelos crimes de formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, falsa identidade e roubo consumado. De acordo com a delegada Claudilene Maia, responsável pelo procedimento policial, os acusados foram presos na cidade de Terra Alta, por uma guarnição da PM e apresentados na sede da Superintendência Regional em Castanhal. 

A policial civil apurou que o grupo agiu na zona rural de Curuçá, onde praticou crimes diversos, como roubos e extorsão a moradores de residências supostamente usadas como pontos de venda de drogas na localidade. As pessoas, sob ameaças de que seriam presas, eram extorquidas a pagar determinados valores em dinheiro. 

Em poder dos presos, foram apreendidas três armas de fogo, munição, fardamento para uso em ações táticas; capuzes tipo balaclava; dinheiro e diversos telefones celulares. Segundo a delegada, outros casos de crimes semelhantes serão levantados para conseguir eventual reconhecimento dos acusados por parte de vítimas. As investigações sobre a atuação do bando prosseguem. Eles permanecem presos à disposição da Justiça em Castanhal.

POLICIAIS CIVIS E MILITARES CONCLUEM CURSO DE UNIDADES ESPECIALIZADAS DE FRONTEIRA

A Polícia Civil já conta com mais policiais civis treinados para atuar nas bases localizadas em áreas de fronteira no Estado do Pará. No último dia 23, 12 policiais civis e 18 policiais militares concluíram o curso de Unidades Especializadas de Fronteira, com o objetivo de habilitar policiais a atuarem em cooperação com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) nas regiões das fronteiras. No Pará, serão instaladas seis bases, quatro delas em Santarém, duas próximas a Belém, uma em Abaetetuba e outra em São Caetano de Odivelas. 


O curso, que começou no último dia 12, foi realizado em todos os Estados que possuem fronteiras com algum país e teve duração de 10 dias. A atividade foi dividida em três módulos: teórico, teórico/prático e prático. As aulas foram ministradas nas sedes do 31º Batalhão da Polícia Militar de Abaetetuba, no 14º BPM de Barcarena; no Campo de Adestramento do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil e na 5ª Companhia de Guardas do Exército Brasileiro, em Belém. 

Policiais civis que concluíram o curso: Elias da Costa Silva - Castanhal Gustavo Adolf Rebelo Batista Pinheiro - Óbidos Hélio Marinho de Azevedo Neto - Oriximiná José Cristian Farias de Lima - Castanhal Marcelo Charles Lameira da Costa - São Caetano de Odivelas Marcos Antônio da Silva Cardoso - Almerim Roger Anderson de Souza Silva - Alenquer Walmir Carlos Pena da Silva - Vigia de Nazaré.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR FLAGRAM MULHER ENVOLVIDA EM ESQUEMA DE TRÁFICO DE DROGAS EM CACHOEIRA DO ARARI

As Polícias Civil e Militar, prenderam no último sábado, 30, em Cachoeira do Arari, no Marajó, uma mulher acusada de tráfico de drogas Patrícia dos Santos Nascimento, de 37 anos, foi presa após uma denúncia anônima informar que a acusada estava transportando mais de meio quilo de drogas que seriam distribuídas no município. 

PRESA
Patrícia foi abordada por policiais militares no porto do município, por volta das 3 horas da manhã, quando saía de uma embarcação vinda de Belém com destino a Cachoeira do Arari. Com ela, foram apreendidos 550 gramas de pasta base de cocaína. A prisão foi realizada pela guarnição da PM formada pelos cabos Dantas, Reis e Guilherme, sob o comando do capitão Rauly. O caso foi apresentado na Unidade Integrada de Polícia em Cachoeira do Arari. 

O delegado Kleyson Azevedo, juntamente com o escrivão Michel Azevedo e o investigador Gilberto Conceição lavraram o flagrante contra Patrícia pelo crime de tráfico de drogas. A ação policial atendeu às orientações do superintendente regional do marajó oriental, delegado Luciano Cunha, visando intensificar a repressão ao crime na região.

domingo, 31 de agosto de 2014

ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DO PARÁ VENCE TORNEIO INÍCIO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO DA POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil promoveu, neste final de semana, o torneio que marca a abertura do 7º Campeonato de Futebol de Campo dos Servidores da Polícia Civil. O evento serviu ainda para prestar homenagem à Academia da Polícia Civil (Acadepol) que completou 35 anos de fundação no último dia 28. A decisão foi entre a equipe da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol), que venceu a representação da DIDEM (Diretoria de Identificação). 

Equipe da Adepol vencedora do torneio início
TIME VENCEDOR DO TORNEIO
O campeão e o vice foram premiados com troféus entregues pelo delegado-geral, Rilmar Firmino, e pela diretora da Acadepol, delegada Liane Martins. Os jogos foram realizados no campo da Amepa (Associação dos Magistrados do Pará), em Ananindeua.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR FLAGRAM ESQUEMA DE TRÁFICO DE DROGAS EM CAMETÁ

As Polícias Civil e Militar de Cametá, no Baixo Tocantins, prenderam duas pessoas envolvidas em um esquema de tráfico de drogas. O casal Isaac Neto Nunes Cruz, de apelido "Sassá", e Emanuelle Cunha dos Santos, conhecida como "Manu", foi flagrado, em uma operação de inteligência policial, que investigava a rede de tráfico de entorpecentes no bairro da Nova Cametá. Com eles, 15 petecas de pedra de óxi foram apreendidas, além da quantia de R$ 43, telefones celulares e apetrechos como sacos plásticos e tesoura que serviam para fazer a embalagem da substância. 

Presos


Participaram da operação a delegada Andreyza Jesus Dias Teixeira, o escrivão Benedito Sérgio, os investigadores Sérgio Pompeu e Wellinton, com apoio da guarnição da Polícia Militar comandada pelo capitão Silveira. Os acusados já estão recolhidos à disposição da justiça. Outras operações devem ser deflagradas no combate à redução da criminalidade na região, seguindo diretrizes da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará; do delegado­-geral Rilmar Firmino de Sousa; do diretor de Polícia do Interior, delegado João Bosco Rodrigues, e do superintendente regional do Baixo Tocantins, delegado Fernando Bezerra Lima.

POLÍCIA CIVIL DO PARÁ PARTICIPA DE ETAPA NACIONAL PREPARATÓRIA PARA A CONFERÊNCIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA EM BRASÍLIA

A Polícia Civil do Pará participou, entre os dias 27 e 29 deste mês, da etapa preparatória nacional da Conferência Nacional de Segurança Pública (CONSEG), que será realizada em 2015. O evento realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília (DF), contou com as presenças da delegada-geral adjunta, Christiane Ferreira, e da corregedora-geral da Polícia Civil, Nilma Lima. Durante o ano, foram realizadas etapas regionais, nas cinco regiões do Brasil. No Norte, a etapa regional foi realizada, em abril, na sede da Delegacia-Geral da Polícia Civil, em Belém. 


As reuniões regionais serviram para a preparação do encontro nacional realizado na capital federal. A programação, em Brasília, teve por objetivo dar continuidade da etapa de diálogos regionais com a presença do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e da Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Mikki. Na etapa preparatória nacional foram escolhidos os temas a serem discutidos na CONSEG 2015, que visa a definição de políticas públicas na área de segurança pública. 


Entre os principais temas discutidos estiveram as estratégias para o engajamento e convocação da sociedade civil, etapas de preparação para o Conseg 2015, estratégias de convocação de profissionais de segurança pública, engajamento das representações locais, além da implementação das propostas aprovadas e definição de estratégias para estimular o funcionamento e formação de conselhos locais de segurança pública.

POLÍCIA CIVIL PRENDE ENVOLVIDO EM FORNECIMENTO DE ARMAS E MUNIÇÃO PARA ASSALTANTES EM CASTANHAL

A Polícia Civil prendeu dois homens envolvidos nos crimes de tráfico de drogas e fornecimento de armas para assaltantes, no bairro de Jaderlândia, em Castanhal, nordeste paraense, durante a operação denominada “Atacadão”. Os presos são Darlan Jhefle Soares da Silva, 22 anos, e Francisco Aldenir Melo de Araújo, 42 anos. Deflagrada no último dia 28, a operação foi realizada pela equipe de policiais do NAI (Núcleo de Apoio à Investigação) de Castanhal, e da 3ª Região Integrada de Segurança Pública (3ª RISP Guamá), comandada pelos delegados Karina Campelo, Fernando Rocha e Temmer Kayath. 

Apreensões e presos
APREENSÕES E PRESOS
Dentre os presos, Darlan já tem passagem pela polícia pela prática de roubo com emprego de arma de fogo e é um dos principais suspeitos do assalto ocorrido no último dia 27, na gráfica Mídia Mais, segundo investigações preliminares. A partir de denúncias anônimas, a equipe policial capturou Darlan. Na casa dele, os policiais apreenderam uma quantidade de “pó de cocaína”. O acusado tentou fugir, mas acabou preso e autuado por tráfico de drogas. “Já estamos investigando a participação dele no roubo à gráfica”, detalha a delegada Karina Campelo. 

Ainda, no decorrer da operação, a equipe policial prendeu Francisco Aldenir, apontado como o principal fornecedor de armas de fogo e de munições para a prática de crimes em Castanhal. “Francisco, que declarou ser peixeiro em uma feira da cidade, é conhecido por alugar armas de fogo e munições para vários assaltantes no município”, detalha a policial civil. Na casa dele, foram encontrados um revólver calibre 38 municiado e grande quantidade de munições de diversos calibres. 

Ainda, durante a revista no imóvel, os policiais apreenderam em uma área externa da casa, um cofre com mais munições, R$ 9.150 em dinheiro, uma cédula falsa de R$ 100 e três cheques em nome de outras pessoas, que seriam provenientes dos aluguéis das armas de fogo e das munições. Francisco foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido e por comércio ilegal de arma de fogo. Os dois foram encaminhados para o Sistema Penitenciário do Estado para ficar recolhidos à disposição da Justiça. A operação contou ainda com os investigadores Eraldo Magno da Silva, Antônio Monteiro, Nelson Barbosa, Cristian Lima e Nivaldo Pinto.

sábado, 30 de agosto de 2014

POLÍCIA CIVIL PROSSEGUE CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE VASILHAMES DE VIDRO PARA BANCO DE LEITE DA SANTA CASA

A Polícia Civil continua campanha de arrecadação de vasilhames de vidro, do tipo café solúvel, maionese e demais vidros com tampas plásticas, para serem doados ao Banco de Leite, da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia do Pará. Os vasilhames podem ser entregues na sede da Assessoria de Relações Interinstitucionais (ARIN), da Polícia Civil, situada na Delegacia-Geral, prédio da antiga Celpa, na Avenida Magalhães Barata, nº 209, bloco "C", bairro de Nazaré, em Belém.  

LUIZ MONTEIRO JUNIOR MOSTRA RECIPIENTES ARRECADADOS
RECIPIENTES SERÃO DOADOS À SANTA CASA DO PARÁ
DOAÇÃO DE RECIPIENTES DE VIDRO À SANTA CASA
O coordenador da ARIN, investigador Luiz Monteiro Júnior, explica que a população deve doar recipientes de vidro com tampa de 180ml a 380ml. Somente na semana passada, a ARIN fez a entrega de mais de 100 vidros. "Se você tiver em casa ou no trabalho, ou se conhece alguém que tenha esses recipientes, não os jogue fora. Procure a Delegacia-Geral da Polícia Civil para doá-los, pois serão usados para coletar leite para ajudar a alimentar bebês recém-nascidos prematuros da maternidade", explica. 

SERVIÇO As entregas deverão ser feitas na ARIN, de segunda à sexta-feira, em horário comercial, exceto feriados e pontos facultativos.

SARGENTO MERIEN RODRIGUES ALVES MORRE APÓS COLISÃO ENTRE VIATURA E CAMINHÃO NA RODOVIA PA-150

A sargento da Polícia Militar do Pará, Merien Rodrigues Alves, de 39 anos, morreu, na noite desta sexta-feira, 29, depois que a viatura policial em que estava, com outros três policiais militares, colidiu de frente com um caminhão carvoeiro, na rodovia PA-150, zona urbana da cidade de Goianésia do Pará, sudeste paraense. O acidente ocorreu por volta das 22 horas. A viatura GU, modelo caminhonete Amarok, do Comando de Policiamento do município, estava em perseguição a uma motocicleta em situação suspeita. O acidente ocorreu no sentido de entrada da cidade, logo após o Posto de Combustíveis Jatobá, no momento em que a viatura tentava  fazer uma ultrapassagem. 


VIATURA POLICIAL FICOU SEMI DESTRUÍDA
O condutor do carro policial não conseguiu concluir a manobra e o veículo colidiu de frente com o caminhão que vinha no sentido contrário. Com a colisão, a sargento PM Merien morreu no local em meio às ferragens da viatura. Os demais policiais militares, que ocupavam a viatura, eram os soldados Danilo e Oliveira, que foram socorridos e levados para o Hospital Regional de Tucuruí em estado grave, e o soldado Negrão que saiu ileso do acidente e foi levado ao quartel da PM de Goianésia do Pará. 

Depois do acidente, uma guarnição da Polícia Militar permaneceu no local para ajudar na organização do tráfego de veículos. O fato foi comunicado à Polícia Civil que esteve presente junto com policiais da Polícia Rodoviária Estadual. A Delegacia de Goianésia do Pará requisitou a remoção do corpo da policial militar ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Tucuruí. 

SARGENTO MERIEN RODRIGUES ALVES
A POLICIAL MILITAR NA VIATURA
VÍTIMA FATAL Segundo sua página pessoal no Facebook, a sargento Merien Rodrigues Alves nasceu em 16 de dezembro de 1974, era solteira e natural de Conceição do Araguaia. Era formada no curso de Serviço Social pela faculdade Anhanguera Uniderp. A sargento era uma policial militar muito atuante, estimada e querida pela comunidade em Goianésia do Pará. "Morreu fazendo o que gostava", lamentou uma amiga na rede social. A morte prematura de Merien Alves deixou a cidade de luto. O corpo ainda está no Centro de Perícias em Tucuruí no aguardo de liberação para sepultamento. 

NÓS, DO BLOG 'POLÍCIA DO PARÁ - AO ALCANCE DE TODOS' ENSEJAMOS NOSSAS CONDOLÊNCIAS A TODOS OS AMIGOS, COLEGAS DE TRABALHO E FAMILIARES POR ESTA PERDA IRREPARÁVEL E ROGAMOS AOS CÉUS QUE A SARGENTO ESTEJA NAS GRAÇAS DE DEUS. VÁ EM PAZ. 

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL PRENDE EM FLAGRANTE DUPLA DE ASSALTANTES DE FARMÁCIA EM BELÉM

O delegado Ricardo Rosário, que trabalha em Santa Isabel do Pará, prendeu em flagrante, nesta sexta-feira, 29, dois homens que haviam acabado de assaltar uma farmácia da rede Big Ben, situada na avenida Gentil Bittencourt próximo à avenida Alcindo Cacela, no bairro de Nazaré, em Belém. O policial civil fazia compras no local, pela manhã, quando um dos assaltantes entrou no local e anunciou o roubo. Ele colocou dezenas de telefones celulares dentro de uma mochila. Ao lado de fora da farmácia, um segundo homem em uma moto aguardava para dar fuga ao bandido. 




Porém, o delegado correu atrás da dupla e deu voz de prisão aos dois, que foram levados para a Seccional Urbana de São Braz, para serem autuados em flagrante pelo crime. Os presos foram identificados como Diego Nascimento e Deivison Pantoja. Com eles, 54 telefones celulares roubados e um revólver calibre 38 foram apreendidos. Um dos presos foi reconhecido como o mesmo homem que assaltou, no último final de semana, a mesma farmácia. Os presos foram encaminhas para exames no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e vão responder por crime de roubo qualificado.

POLÍCIA CIVIL LEVA IMAGEM DA VIRGEM DE NAZARÉ À SECCIONAL URBANA DO DISTRITO DE ICOARACI

A Polícia Civil deu continuidade, nesta sexta-feira, 29, à peregrinação da imagem da Virgem de Nazaré pelas unidades policiais da Região Metropolitana de Belém. A imagem foi levada da sede da Superintendência da Região Metropolitana de Belém para a Seccional Urbana de Icoaraci. Uma cerimônia foi celebrada pelo padre George Jenner e pelo delegado Delson Santos, diretor da Seccional. Estiveram presentes servidores públicos da unidade policial. A delegada Claudia Renata Guedes, que trabalha na Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), sediada na Superintendência Metropolitana, foi quem conduziu a imagem até Icoaraci. 



A imagem vai permanecer no local até a manhã da próxima segunda-feira, quando será levada para a Seccional Urbana da Marambaia. A peregrinação da imagem da padroeira dos paraenses faz parte da programação do 16º Círio da Polícia Civil. Conforme Luiz Monteiro Junior, coordenador da comissão de servidores responsáveis pela peregrinação, informou que, durante a programação, os servidores podem fazer doações de alimentos que serão entregues à Casa de Plácido, sediada na área da Praça Santuária de Nazaré, responsável em prestar atendimentos médicos e fazer doações de alimentos aos romeiros vindos do interior para celebrar a Virgem de Nazaré, em Belém. 


A entidade vive de doações, que serão, ao final da programação do 16º Círio da Polícia Civil, entregues à instituição. Ao todo, 28 unidades policiais receberão a peregrinação do Círio da Polícia Civil até o próximo dia 26 de setembro, quando será realizada a primeira romaria rodoviária da Polícia Civil. O evento irá percorrer desde a sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP), no centro de Belém, até a praça Amazonas. No último domingo de setembro, dia 28, será realizada a procissão do 16º Círio da Polícia Civil, com missa celebrada às 7 horas da manhã, na Delegacia-Geral. Ao término da missa, sairá a procissão com destino à Basílica Santuário de Nazaré.

PRESOS ENVOLVIDOS EM ASSALTO A AVIÃO DE TRANSPORTADORA DE VALORES EM SÃO FÉLIX DO XINGU

A Polícia Civil apresentou, nesta sexta-feira, 29, em Belém, três integrantes de uma organização criminosa envolvidos no assalto a um avião de uma empresa de transporte de valores em 1º de julho deste ano, em São Félix do Xingu, sul do Pará. Regislei Gervásio Dias, 32 anos, de apelido “Mineiro”, natural de Ituiutaba (MG); Clézio Oliveira dos Santos, 28, e Marcos Benício Barros Dias Sobrinho, 24, de apelido “Bodinho”, foram presos no último dia 27, no município, por policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob comando do delegado Evandro Araújo. A captura dos acusados teve apoio de policiais civis da Superintendência Regional do Alto Xingu, em São Félix do Xingu. Ao todo, nove homens participaram do assalto. 

Presos
CLÉZIO, MARCOS E REGISLEI: PRESOS
Além dos três apresentados, foram presos na operação o sargento da Polícia Militar, Valmir Sousa Maranhão Silva, lotado no município. Robson Santos Mendes e Rubens Santos da Silva, que foram presos dois dias após o assalto por envolvimento em roubos de veículos e já estavam recolhidos no Presídio de Redenção, também estão envolvidos no crime. Outros três participantes do assalto estão foragidos. Eles foram identificados como Jales Pereira da Silva, de apelido “Bola”; Clodoaldo Moreira da Silva, conhecido como “Veinho”, e outro de apelido “Baixinho”. Todos estão com mandados de prisão decretados pela Justiça. No momento da prisão, Regislei Gervásio Dias foi flagrado com cocaína em pó em sua casa. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. 

Já, na casa de Marcos Benício, foram apreendidas munições de calibres .40 e .44 que tem uso permitido apenas pelas Polícias e Forças Armadas, respectivamente. Ele foi autuado por posse ilegal de munição de uso restrito por lei. Já, no momento da prisão do policial militar, no quartel de São Félix do Xingu, os policiais civis apreenderam três metralhadoras de calibre 9 milímetros, que tem munição compatível com o cartucho apreendido no local do assalto. Ainda, em posse do sargento, uma moto modelo Honda Biz roubada foi apreendida. Durante as investigações, os policiais civis apuraram que a moto era usada pela companheira de Jales e enteada do sargento. Os dois presidiários serão transferidos para Belém até a próxima semana. 

"Bola" está foragido. Rubens e Robson estão presos em Redenção
"BOLA" ESTÁ FORAGIDO. RUBENS E ROBSON ESTÃO PRESOS EM REDENÇÃO
GRUPO ARTICULADO As investigações mostram que “Mineiro”, “Baixinho” e o sargento participaram diretamente do assalto. “Bola”, um dos foragidos, é genro do policial militar e apontado como um dos líderes do bando. O outro líder do grupo criminoso é “Mineiro”. Já o preso Clézio trabalhava como vigilante da empresa de transporte de valores na época do assalto e estava dentro do carro-forte que iria receber cerca de R$ 1 milhão transportados no avião, após a chegada da aeronave no aeroporto de São Félix do Xingu. “O avião chegou às 10 horas da manhã. Foi quando Clézio avisou os demais membros do grupo criminoso”, detalhou o delegado. 

Após o avião pousar, os bandidos chegaram ao local atirando contra a aeronave. Depois, pegaram os malotes com o dinheiro e colocaram em um carro Fiat Uno. O foragido de apelido “Baixinho” foi o motorista do veículo usado na fuga. Dos envolvidos no assalto, “Bola” já foi preso, em abril deste ano, junto com outro policial militar, em São Félix do Xingu. O preso “Mineiro” tem passagem pela Polícia em Minas Gerais. As investigações prosseguem para localizar os demais envolvidos no crime. Eles irão responder por organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo majorado (com uso de armas de fogo).

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

POLÍCIA CIVIL DESMONTA ESQUEMA DE DESVIO DE DINHEIRO DE APOSENTADOS EM OURÉM

A Polícia Civil desmontou um esquema criminoso de apropriação indevida de dinheiro de aposentados referente ao programa Bolsa Família, no município de Ourém, nordeste paraense. Sob comando do delegado Edgar Henrique Monteiro, as investigações chegaram até o suspeito do crime. Na casa dele, foram apreendidos mais de vinte cartões bancários, comprovantes de saques e documentos de aposentados. A operação policial foi realizada, na tarde de quarta-feira, 27, após a decretação de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito pelo juiz de Direito, Omar José Miranda Cherpinski, da Comarca Judiciária de Ourém. O suspeito de cometer o crime é Antônio Fernandes Farias, conhecido pelo apelido de "Abençoado". 

APREENSÕES
Conforme o delegado, três idosos acusaram Antônio Farias de ter se apropriado de parte do dinheiro de suas aposentadoria e de contrair empréstimos em nome das vítimas sem autorização dos titulares das aposentadorias. Eles registraram boletim de ocorrência na Unidade Integrada de Polícia de Ourém, que deu início às investigações. A Polícia Civil apurou que Antônio Farias, aproveitando da idade avançada, da dificuldade de locomoção e da baixa instrução dos aposentados, procurou-os, na zona rural do município, para lhes oferecer seus supostos serviços. Ele dizia aos aposentados que iria ajudá-los a sacar o dinheiro referente ao programa Bolsa Família, do Governo Federal. 

Após conquistar a confiança das vítimas, ele cobrava de cada aposentado o valor de R$ 7 e mais R$ 5 sobre o benefício do Bolsa Família para fazer o serviço. Porém, após fazer os saques com os cartões dos idosos, Antônio Farias repassava às vítimas somente uma pequena parte do dinheiro sacado. "Ele alegava ter sido creditado apenas aquele valor", apurou o delegado. Após as denúncias, a Polícia Civil pediu mandado de busca e apreensão à Justiça para fazer uma revista na casa do suspeito, onde recuperou os cartões de outras pessoas, possivelmente, mais vítimas do golpe. "Nenhum dos documentos apreendidos pertence às três vítimas que denunciaram o suspeito", detalha.

As investigações já mostraram que o suspeito realizava saques de uma aposentada falecida em 2009. Em depoimento, o suspeito relatou que, todo mês, realizava saques para em torno de 80 aposentados, moradores na Vila Arraial do Caeté, na zona rural de Ourém. Ele, no entanto, negou ter se apropriado das aposentadorias das vítimas e de ter contraído empréstimos sem autorização dos aposentados. Antônio Farias é investigado pelos crimes de falsidade ideológica, estelionato e apropriação indébita. A Polícia Civil prosseguirá as investigações sobre o golpe contra os três idosos. Com relação à fraude no Bolsa Família, o caso será encaminhado à Polícia Federal para apuração.

POLÍCIAS CIVIL E MILITAR DESMONTAM ESQUEMA DE TRÁFICO DE DROGAS EM JURUTI

As Polícias Civil e Militar de Juruti, no Baixo Amazonas, prenderam duas pessoas envolvidas em um esquema de tráfico de drogas. O casal Elcivaldo de Sousa Ferreira e Marcela Batista foi flagrado em uma operação de inteligência policial que investigava a rede de tráfico de entorpecentes no bairro Maracanã. 



Foram apreendidas, com o casal, 162 petecas de crack e uma moto que era utilizada na distribuição de entorpecentes. Participaram da operação o delegado Arthur Nobre, o escrivão José Raimundo, os investigadores Wilson Souza e Ana Paula Castro e o tenente Wanderley, da Polícia Militar. Os acusados já estão recolhidos à disposição da justiça.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

POLÍCIA CIVIL VAI IMPLANTAR LABORATÓRIO DE ENSINO DE PERÍCIA PAPILOSCÓPICA

A Polícia Civil, por meio da Diretoria de Identificação "Enéas Martins" (DIDEM), promoveu, nesta quarta-feira, 27, uma palestra voltada aos peritos papiloscopistas, na Delegacia-Geral, em Belém, para apresentá-los as inovações tecnológicas na área de perícia papiloscópica, que atua na identificação humana. A palestra foi ministrada pelo policial militar aposentado da PM de Minas Gerais, coronel Sebastião José Dias, diretor-presidente da Safetech - Sistemas Tecnológicos de Segurança, e representante no Brasil da Sirchie, empresa mundialmente reconhecida na área de equipamentos de revelação de impressões digitais latentes usadas em investigações de crimes. 

PALESTRA
O titular da DIDEM, perito papiloscopista Ricardo Paula, explica que o encontro também visa a implantação de um laboratório de ensino de perícia papiloscópica na Polícia Civil ainda este ano. Segundo ele, os novos equipamentos são os mais modernos existentes atualmente no mercado voltados ao campo da perícia, no que se refere à coleta de impressões digitais em locais de crime. 

Entre os equipamentos inovadores está o Krimesite Imager, aparelho semelhante a uma câmera de filmagem, que utiliza a tecnologia de imagens reflexivas ultravioleta, conhecida como RUVIS, para localizar impressões digitais latentes não visíveis a olho nu, na maioria das superfícies não porosas, sem utilização de substâncias, como pós químicos, ou vaporizações de qualquer tipo atualmente usadas nesse tipo de perícia. 

De acordo com o coronel Sebastião Dias, 70% dos crimes de autoria desconhecida em todo mundo são solucionados graças à captação de impressões digitais. "As provas são fundamentais para o combate à impunidade. Daí a importância do trabalho do perito papiloscópico na investigação criminal", detalha. 

A cada mês, ressalta Dias, são lançadas novidades na área de perícia papiloscópica. Atualmente, a Polícia Civil do Pará vive uma nova era no que se refere à perícia papiloscópica, com a instalação do laboratório de perícias papiloscópicas, localizado na Delegacia-Geral, em Belém. Neste local, são utilizados diversos produtos químicos, como pós e reveladores químicos, usados para a coleta das chamadas impressões digitais.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

PEREGRINAÇÃO DO CÍRIO DA POLÍCIA CIVIL CHEGA À SECCIONAL URBANA DO PAAR

A Polícia Civil prosseguiu, nesta terça-feira, 26, a peregrinação do Círio da corporação em homenagem à Virgem de Nazaré. A imagem da padroeira dos paraenses chegou à Seccional Urbana do Paar pela manhã vinda da Seccional Urbana de Ananindeua. Na chegada, a comissão de servidores responsável pela peregrinação, tendo à frente o investigador Luiz Monteiro Junior, foi recepcionada no hall da entrada da unidade policial que foi decorada com balões. No local, foi realizada uma celebração religiosa. Os servidores da Seccional do Paar se confraternizaram e louvaram à Virgem de Nazaré. 

Peregrinação na Seccional do Paar
PEREGRINAÇÃO NA SECCIONAL DO PAAR
A peregrinação prossegue nesta quarta-feira, às 10 horas da manhã, quando a imagem será levada para a Seccional Urbana da Cidade Nova. Ao todo, 28 locais receberão a peregrinação da Virgem de Nazaré, até o próximo dia 26 de setembro, quando será realizada uma romaria rodoviária, que fará o cortejo da imagem, desde a sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP), no centro de Belém, até a Delegacia-Geral da Polícia Civil, para a missa de encerramento da peregrinação. 

CELEBRAÇÃO NA SECCIONAL DO PAAR
No último domingo de setembro, dia 28, será realizada a procissão do 16º Círio da Polícia Civil, com missa celebrada às 7 horas da manhã, na Delegacia-Geral. Ao término da missa, sairá a procissão com destino à Basílica Santuário de Nazaré.

PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR TRÊS CRIANÇAS EM MELGAÇO

A Polícia Civil de Melgaço, no Marajó, prendeu na última segunda-feira, 25, um homem acusado de abusar sexualmente de três crianças de 7, 8 e 9 anos de idade. Adamil de Souza Pinheiro, de 46 anos, foi preso após uma denúncia da irmã de uma das vítimas ao Conselho Tutelar, que acionou a Polícia Civil. As três crianças foram encaminhadas para exame médico onde foi constatado o crime. Essa é a terceira prisão de envolvido com abuso sexual de criança no município em menos de 30 dias. 

PRESO
As vítimas relataram em depoimento os detalhes do abuso sofrido, que era sempre acompanhado de ameaças feitas por Adamil. O agressor teve a prisão preventiva decretada pela justiça. A operação contou com os investigadores Paulo Lobo e Nelson Calixto e delegado titular de Melgaço, Rodrigo Amorim. O acusado foi encaminhado para o presídio de Breves. 

No final de julho deste ano, a Polícia Civil prendeu em cumprimento a mandados de prisão preventiva decretados pela Justiça, Tomé de Freitas Filho, de 70 anos, e Manoel da Silva Leão, 78, acusados de violentar sexualmente uma menina de 12 anos. 

Os dois são acusados de levar a criança de Melgaço para a cidade de Portel, no Marajó, sempre que iriam receber o dinheiro de suas aposentadorias. A mãe da vítima foi indiciada em inquérito policial pela conivência. A prisão dos acusados ocorreu depois de investigações realizadas pela equipe policial da Delegacia de Melgaço juntamente com conselheiros tutelares do município.

PRESO PILOTO DA MOTO USADA NA MORTE DE EMPRESÁRIA EM ANANINDEUA

A Polícia Civil prendeu, por volta de 3 horas da madrugada desta terça-feira, 26, Thiago de Castro Pena, 23 anos, piloto da moto usada para dar fuga aos dois criminosos que assaltaram e mataram a tiros a empresária Márcia Guimarães Arruda e feriram a bala o marido dela, o também empresário Alberto Arruda Filho. Ele foi identificado nas imagens da câmera de segurança do posto de combustível, onde ocorreu o crime, na estrada do Maguari, em Ananindeua, por volta de 13 horas de ontem. A prisão do acusado ocorreu menos de 24 horas após o crime. Thiago foi preso em sua casa, no conjunto Cidade Nova 6, em Ananindeua. A moto usada no crime, que pertence ao preso, foi apreendida. A prisão foi comandada pela equipe da Divisão de Homicídios, sob comando do delegado Claudio Galeno. 

PRESO
APREENSÕES
O policial civil informou que, ao todo, cinco pessoas participaram do crime e que o assalto foi planejado pelo grupo, que contava com informações privilegiadas sobre a rotina do casal, dono do posto de combustível. Todos já estão identificados. Os nomes estão sob sigilo. "Dois deles cometeram o assalto, um terceiro foi o piloto da moto, o quarto foi o articulador do crime e o quinto deu apoio logístico, no fornecimento de duas armas usadas no assalto", detalha o policial civil. Conforme ele, das duas armas, uma delas, um revólver calibre 38, foi usado para atingir as vítimas. Thiago Pena, que trabalhava como garçom em um restaurante, em Belém, e não tinha passagem pela Polícia. 

ROUPA DE GARI E CELULAR DA VÍTIMA
Reconhecido, ele confessou o crime em depoimento, mas alegou que não sabia do assalto, afirmando que teria sido contratado por R$ 5 mil para fazer a entrega de uma encomenda. O delegado detalhou a ação dos bandidos. Por volta de meio-dia de ontem, os dois homens envolvidos diretamente no assalto renderam um homem que dirigia o carro de sua propriedade, um Fiat Uno, e o levaram como refém. A vítima estava com o filho de 9 anos no carro. Depois, os bandidos mandaram o motorista rondar o posto de combustível, até por volta de 13h30, quando mandaram o motorista estacionar no local, no momento em que o casal saía de carro do posto. 
DELEGADO CLAUDIO GALENO

O delegado apurou que os empresários tinham uma rotina de, toda segunda-feira de manhã, retirar a arrecadação do final de semana, tanto da venda de combustíveis quanto da loja de conveniência que funciona no local, do cofre do posto de combustível. O dinheiro seria depositado em um banco na Avenida Gentil Bittencourt, centro de Belém. Porém, nesta segunda-feira, houve um atraso e o casal só deixou o local por volta de 13h30. Foi quando os bandidos saíram de dentro do carro, onde mantinham pai e filho reféns, e passaram a atirar em direção ao carro do casal. "Nossa tese de investigação é que os assaltantes acreditavam que o empresário estivesse armado e, por isso, atiraram de imediato no veículo", suspeita o delegado. 

Um dos criminosos pegou o telefone celular e a bolsa da empresária, onde estaria o dinheiro da arrecadação, e depois os dois saíram em fuga na moto. Nas investigações, a equipe da Divisão de Homicídios apreendeu na casa de um dos suspeitos uma calça de gari da Prefeitura de Ananindeua e o telefone celular da empresária. O aparelho foi destruído pelos bandidos. Ainda, durante as buscas, peças de vestuários, que teriam sido usados durante o crime, foram apreendidas nas casas de outros suspeitos. As investigações prosseguem visando a prisão de todos os envolvidos no crime.